Nem Te Conto

Ratinho se envolve em polêmica ao chutar caixa com assistente de palco dentro

"Providências terão de ser tomadas… Ela vai pra rua”, disparou o apresentador após o chute

Agência O Globo
- Atualizada em

Em mais uma de suas controversas brincadeiras no palco, o apresentador do SBT, Ratinho, agrediu a assistente de palco Milene Pavorô. Ela, que estava dentro de uma caixa de papelão, durante o programa ao vivo no último dia 15, levou um chute do apresentador. Visivelmente constrangida, a ajudante saiu do palco com cara de poucos amigos. Ratinho, na tentativa de contornar a situação, tirou sarro dizendo que era para demiti-la.

“Não podemos perder a esportividade”, argumentou Ratinho, chamando o diretor do programa. “Aroldo, o senhor notou que ela é uma funcionária rebelde? Providências terão de ser tomadas… Ela vai pra rua”. A brincadeira, claro, foi criticada por muita gente pelas redes sociais, principalmente após o post do jornalista Miloch.

Foto: Reprodução

Na postagem, no Facebook, ele teoriza: “Mulheres são vitimadas diariamente em seus lares, e nem a lei que tornou o feminicídio em crime hediondo fez baixar os índices deste tipo de delito. Para reforçar o discurso machista e mascarar a agressão, o SBT culpa a mulher – atitude comum aos agressores: no site da emissora, o vídeo tem o título: “Pavorô vira caixa andante e se dá mal”. A culpa é dela, claro. Quão infeliz o chute do Ratinho. O golpe claramente constrangeu Pavorô, a ele próprio e aos demais integrantes do elenco. Eu também fiquei constrangido. O Programa do Ratinho é veiculado em todo o Brasil. Quantos por aí não tomarão o exemplo do Carlos Massa?”.

A internauta Magali Souto, assim como muitas pessoas, disse que ficou chocada com a situação: “Miloch vi esse vídeo e simplesmente choquei...gostei do que disse. É dessa forma mesmo e veja também os comentário...”foi brincadeira...” Sim é assim mesmo que os homens justificam suas agressões, justamente por saber que uma mulher não revidaria e a colocaria em posição de submissão e humilhação... Bom como era de espera a Pavorô já colocou sua justificativa...enfim... sem mais.

Houve, também, que achou que a situação foi polemizada desnecessariamente. Bernardo Azevedo disse que o texto do jornalista era cheio vazio: “Que texto cheio de mimimi... Vá lavar uma louça querido... Incentivo à violência? Gente, que viagemmmmmm kkkkk".

No meio de tantas argumentações, a página oficial do Facebook de Milene Pavorô tentou amenizar a situação dizendo que foi só uma brincadeira: “Calma pessoal, foi só uma brincadeira. Ele não sabia que eu estava lá dentro e depois que eu saí ele parou o programa para pedir desculpa. Só que não foi ao ar. Quem conhece o Ratinho de verdade sabe que por dentro daquele homem "durão" tem uma pessoa com um grande coração, incapaz de ferir alguém”.


Assista o momento: