Nem Te Conto

Ronaldinho Gaúcho pode ser preso após não pagar pensão à ex-noiva, diz jornal

Recentemente, o ex-jogador estava em Dubai, levando uma vida de ostentação

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho pode ser preso novamente, dessa vez por não pagamento de pensão por união estável à ex-noiva, Priscilla Coelho, com quem se relacionou por seis anos.

De acordo com o advogado de Priscilla, Alberto Medrado, ela está sem receber o dinheiro definido pela Justiça desde novembro. "O juiz deferiu o valor da pensão em novembro, e mesmo sendo intimado através de seu advogado Ronaldo não depositou nenhum valor", disse ao jornal Extra.

Recentemente, o ex-jogador estava em Dubai, levando uma vida de ostentação. Agora, pode ter seus bens penhorados, além de ser preso.

"Promovemos a execução de todos esses meses sem pagamento, a princípio só requerendo bloqueio de valores em bancos e penhora de bens. Mas, futuramente, caso esse comportamento persista, vamos ser mais incisivos, podendo requerer até mesmo a prisão civil por falta de pagamento de pensão", projetou o advogado.

Ronaldinho foi preso no primeiro semestre de 2020 ao tentar entrar no Paraguai com passaportes falsos. Ele e o irmão, Assis, ficaram quase seis meses detidos no país sul-americano.