Nem Te Conto

Saiba bastidores da briga entre Nego do Borel e Duda Reis

A confusão começou após o funkeiro reatar o namoro com a modelo e ex-“Malhação” Duda Reis, de 18 anos, a contragosto dos pais dela, que não aprovam o romance

Agência O Globo


Nego do Borel voltou a se envolver numa nova polêmica, desta vez, com os sogros. A confusão começou após o funkeiro reatar o namoro com a modelo e ex-“Malhação” Duda Reis, de 18 anos, a contragosto dos pais dela, que não aprovam o romance. Os sogros, que moram em Volta Redonda, no interior do Estado do Rio, ficaram revoltados em saber que Duda deixou o apartamento que eles alugaram para ela na Barra para ir morar com Nego. Furioso, o médico Nando Barreiros, pai de Duda, afirmou que “não chegou a criar uma filha para ser maltratada nas ruas” e chamou o genro de “canalha” e “mau-caráter”.

Pessoas próximas à família afirmam que a própria modelo, uma vez que quis terminar a relação, comunicou aos pais que teria sido agredida e trancada em casa por Nego, e que ele a deixava sozinha. Ela teria relatado também que foi cortada de “Malhação” porque viajou com o funkeiro e não voltou a tempo para gravar. Preocupados, os pais de Duda implantaram até um chip nas coisas da modelo para saber onde ela estava. Foi aí que eles descobriram que ela estava há três meses morando com o namorado. Eles afirmam também que não conseguiam mais ter contato com a filha.



Os amigos contam que a família sempre tratou bem Nego do Borel antes disso tudo acontecer. Os dois chegaram a terminar no ano passado, até que Duda usou o Instagram na quinta-feira para comunicar que havia reatado o namoro. Simone, a mãe da modelo, então, reclamou na rede social e foi bloqueada pela filha. Ela confirma que a Duda foi agredida e trancada em casa por Nego do Borel.

"Neste momento de grande sofrimento para toda a nossa família, optamos pelo silêncio. Temos certeza que pais como nós, que sempre amaram e se dedicaram incondicionalmente a suas filhas, jamais iriam apoiar uma relação da sua filha com uma pessoa de atitudes indevidas, desrespeitosas e lamentáveis. O histórico da própria mídia confirma o que estamos falando”, disse ela.

Nego do Borel nega as acusações: “Pessoas de cor de pele preta são marginalizados”, lamentou o cantor.