Nem Te Conto

Se condenado, Eduardo Costa pode ser preso após chamar Fernanda Lima de 'imbecil'

Apresentadora move dois processos contra cantor

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)

A primeira audiência do processo criminal movido por Fernanda Lima contra Eduardo Costa aconteceu na tarde desta quarta-feira (19), no Rio de Janeiro, mas nenhum dos envolvidos compareceram no tribunal.


De acordo com informações do 'Fofocalizando', do SBT, Michel Assef Filho, que defende a apresentadora no processo, explicou que pediu a dispensa de sua cliente, já que ela não pretende fazer conciliação neste momento. O sertanejo, por sua vez, não foi citado e, por isso, não é obrigado a comparecer. "A gente quer que a Justiça apure o caso", disse. Ainda não foi marcada uma nova audiência. 

Se condenado, Eduardo pode pegar de 3 meses a um ano de prisão, por injúria e difamação. Além do processo criminal, a global ainda move um processo na esfera Cível, que ainda não tem data de audiência. Segundo o colunista Leo Dias, do jornal 'O Dia', Fernanda quer uma indenização de R$ 100 mil do cantor, que a chamou de 'imbecil' em suas redes sociais.