Nem Te Conto

Shakira enfrenta tribunal espanhol sob acusações de fraude fiscal

Promotores apresentaram as acusações, alegando que Shakira não pagou impostos sobre a renda obtida entre 2012 e 2014

Agência O Globo
A cantora colombiana Shakira foi convocada para comparecer em um tribunal espanhol em 12 de junho devido a acusações de não ter pago 14,5 milhões de euros em impostos, informou a Justiça da região da Catalunha na terça-feira.
Um comunicado do tribunal, datado de 22 de janeiro, foi publicado na terça-feira com a convocação. Os promotores apresentaram as acusações em dezembro, alegando que Shakira não pagou impostos sobre a renda obtida entre 2012 e 2014, período em que eles dizem que a cantora morava na região.
Representantes de Shakira disseram em um comunicado após a acusação que a cantora não morou na Espanha até 2015 e cumpriu todas as suas obrigações fiscais.
A cantora de "Hips Don't Lie" e "Clandestino" frequenta regularmente as partidas de futebol de seu parceiro, Gerard Piqué, que joga pelo Barcelona. Piqué e Shakira, juntos desde o início da década, têm dois filhos.
As autoridades espanholas também investigaram outras celebridades importantes em relação a impostos. Lionel Messi, companheiro de equipe de Piqué, foi considerado culpado, junto com seu pai, de uma fraude fiscal de 4,1 milhões de euros em 2016 e multado em 250 mil euros, além de pagar o imposto negligenciado acrescido de juros.
No dia 22 de janeiro, o jogador português Cristiano Ronaldo, que deixou o Real Madrid para a Juventus neste ano, também foi multado em quase 19 milhões de euros por fraude fiscal.