Nem Te Conto

Silva diz ter ouvido que 'iria pro inferno por ser Gay': 'Chorava muito'

Cantor revelou que sofreu bulying durante a infância por causa da "voz fina" e "personalidade calma"

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)


O cantor Silva revelou que foi vítima de bullying durante a infância por ter uma personalidade considerada diferente dos outros meninos da sua idade. Durante uma entrevista concedida à Revista Marie Claire, o cantor revelou que, devido à formação evangélica que teve, chegou a ouvir na escola e na igreja que iria ao inferno por ser Gay.

"Eu sofria muito bullying na escola. Tinha uma voz muito aguda, parecia um passarinho. Lembro que demorei um pouco para mudar de voz. Sempre fui um cara mais delicado, doce, de personalidade calma. Tudo o que sentia achava que era errado e pedia para Deus tirar aquilo de mim", relatou o cantor.

 Durante a transmissão ao vivo com a Marie Claire, ele diz estar bem resolvido e que acredita que "Essa energia divina é muito maior que os dogmas e preconceitos". Vale lembrar que, atualmente, o artista namora o empresário Renan Mantovaneli.