Nem Te Conto

Síndico do prédio de Alok fala sobre sufoco durante live: 'apavorado'

DJ se pronunciou sobre o vídeo que o síndico fez para comentar os bastidores do show em casa

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A live do DJ Alok no último sábado (02) causou muita repercussão nas redes sociais, mas também rendeu tensão ao síndico do prédio, o palestrante Marcio Raschkovsky. Em um vídeo divulgado no Instagram, ele disse que passou por um sufoco durante o show.


"Quando surgiu a possibilidade de fazer uma live para angariar fundos no combate à Covid-19, algo totalmente beneficente, a equipe dele me procurou pedindo uma autorização do condomínio. Enquanto todo mundo estava ali se divertindo, curtindo, eu tava apavorado. Torcendo pra acabar logo, para que tudo desse certo. E ainda bem que deu tudo certo, foi uma experiência fantástica", comentou.

Marcio revelou que um dos moradores chegou a ameaçar a chamar a polícia e que foi necessário reforço na segurança: "Nas horas que antecederam o evento, recebi a ligação de um morador que estava enfurecido. Foi assim uma tensão pré-evento. E eu pensando: 'Já pensou se por conta de um ou dois moradores dá tudo errado?". 

Ao ver a notícia sobre as palavras do síndico na web, Alok comentou: "eu jamais quis ser responsável por qualquer discórdia entre os moradores, muito pelo contrário. Eu quero ser um instrumento para união e alegria nesse momento difícil. O som foi uma exigência dos próprios moradores. Inclusive tive 'reclamação' porque o som estava muito baixo haha Vamos valorizar e enfatizar as coisas boas! Entre os 300 moradores, apenas 1 demonstrou insatisfação. Mas agora já está tudo resolvido".