Nem Te Conto

'Só ando nua', diz Ivete depois do nascimento das gêmeas

Ela falou da rotina com as filhas: 'Delivery de peito'

Redação do Correio 24 horas
- Atualizada em

Ivete Sangalo fez uma transmissão ao vivo na noite de domingo (18), celebrando o Dia do Fã. Ela falou que está sem tempo para atualizar as redes sociais por conta dos cuidados com os filhos, Marcelo, de 7 anos, e as gêmeas Helena e Marina, de um mês.

"Eu não tenho tido tempo de pegar no celular. Graças a Deus por um lado, pois são duas coisas lindas precisando de mim, é peito, é peito, é peito. Mas por outro lado não tenho conseguido falar com vocês. Saudade demais de vocês. Tô muito feliz, eu já era feliz, mas agora o bicho pegou mesmo na felicidade. Estamos vivendo momentos muito lindos, especiais, vocês me conhecem e sabem disso, o quanto isso é importante para mim. Minha família, meus filhos, agora posso dizer 'meus filhos'", afirmou Ivete.


Ela detalhou sua intensa rotina. "Tenho tentado postar algumas coisas, mas é uma judiação pegar no celular com elas do lado, não dá. Uma chama, outra chama, aí troca, troca fralda, dá o peitão, bota para arrotar. Uma dorme, outra acorda. Marcelo me chama, faço dever com Marcelo, 'escova o dente filho'. Era tudo o que eu sonhava para mim, ter um dia cheião assim. A gente acorda cedo e dorme muito tarde", explicou.

Ivete fez a transmissão apenas de roupão e fez uma reveleção inusitada: não tem usado muito roupa. "Tô com roupão. Não adianta botar uma roupa. Eu só ando nua. É delivery de peito, open bar. Às vezes boto as duas no peito ao mesmo tempo, é a melhor coisa do mundo, aí boto uma para arrotar e outra no peito... Roupa para que, amor?", brincou.

A cantora também lembrou que seu próximo show é apenas em maio e diz que ainda não voltou à velha forma. "Me disseram que a barriga volta para o lugar. Eu tô ligando para a pessoa que disse pois até agora, nada. O papo é 'você tava grávida de gêmeos'. Pelo visto eu estava grávida de quatro. Então, boto esse roupão".

Ivete também respondeu um comentário que afirmava que ela parecia tranquila, mesmo com a rotina cansativa. "Fiquei mais calma porque, na situação da mãe de gêmeas, a calma passa para elas. Tem horas que tenho que acalmar elas, na hora de dar o peito para duas, elas ficam naquela confusão ali, muito pequenininhas. E aí fico calma. Estou nesse estado, calmaria, a bochecha tá gigante, bem golfinho Flipper. Só posso dizer a vocês o seguinte: que coisa boa".