Nem Te Conto

Solteira, Cleo Pires posa nua e fala sobre vida amorosa; confira

Atriz foi elogiada pelo ex-marido, o ator João Vicente de Castro

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A atriz Cleo Pires posou completamente nua para a revista 'Marie Claire', em protesto contra o estupro da jovem de 16 anos, que foi violentada por 33 homens no Rio de Janeiro e teve um vídeo divulgado nas redes sociais.

"Não tirei a minha roupa à toa. Quero fazer as pessoas pensarem sobre o assunto e entenderem que cada mulher é dona do próprio corpo e das próprias vontades. Tenho necessidade de ser livre. Fico perturbada em saber que não posso sair de casa sozinha depois de certa hora porque posso ser atacada, assediada, violentada", disse ela à publicação.

Solteira há cinco meses, após terminar o fim do relacionamento com Rômulo Arantes Neto, Cleo falou ainda sobre como anda sua vida amorosa: "estou solteira, solteirinha, há cinco meses, mas tenho casos de amor, porque gosto de sexo. Não de qualquer sexo, preciso ter uma conexão com a pessoa. Por mais que você vá para uma one night stand, tem que ter uma coisa de pele, de encaixe. Se não tiver isso, prefiro fazer sozinha – o que, aliás, eu gosto também, embora prefira a troca. Minha vida sexual e amorosa está ficando mais fácil com o passar dos anos. A gente vai conhecendo o próprio corpo, os desejos, as emoções. Às vezes eu estou a fim de uma pessoa, seduzo, levo para casa, mas, se o negócio não evolui como eu imaginava ou se mudo de ideia, peço para ele ir embora. O cara pode ficar puto, falar o que for, mas não vou servir de extensão do ego dele. Mesmo se eu estiver completamente pelada, só transo se eu quiser. Ninguém pode me forçar".

Por falar em relacionamentos, o ex-marido da atriz, João Vicente de Castro, foi só elogios ao falar dela. "Cleo é feminina, empoderada, se guia pela certeza do agora e joga seu barco no mundo, sabendo que nada pode mudar mais que a certeza da gente. É bonito vê-la navegar", disse ele. A atriz, por sua vez, relembrou o casamento com ele e com Rômulo de outra forma.

"Adoro a convivência com o outro, mas sou bem individualista. Quero um homem para quem eu seja a rainha. Que ele pegue tudo o que viveu até hoje, tudo o que quer viver, junte com a minha existência e faça disso uma terceira coisa. Só quero isso! [risos]. As pessoas têm preguiça de alimentar a paixão. Então prefiro ficar solteira. Minha mãe é casada há uns 30 anos, já vi a relação deles se transformando muito, é lindo. É óbvio que não dá para se espelhar em ninguém e, exemplo por exemplo, tenho também o do meu outro pai [Fábio Jr., que se casou seis vezes]. Casei com o João [Vicente de Castro] por quatro anos, e com o Rômulo, por quase três. Embora as relações tenham terminado, penso que me saí bem no quesito casamento. Agora acho que vou ficar solteira. Relacionamento é bom, mas cansa", afirmou.