Nem Te Conto

Sthefany Brito vai explorar lado sensual como prostituta: 'cresci há muito tempo'

Após 2 anos longe da TV, atriz retorna à telinha para viver uma prostituta

Bia Rohen, da Agência O Globo
- Atualizada em

Após 2 anos longe da TV, Sthefany Brito retorna à telinha para viver uma prostituta. O primeiro papel "mulherão" traz à tona a vida de mulheres que veem no sexo a forma mais rápida e rentável de pagar a faculdade. Para Sthefany, dar vida à personagem é uma forma do público deixar de vê-la como alguém que nunca cresceu.

Foto: Reprodução | Instagram

"Me ver sensual causa surpresa em muita gente. Acho engraçado demais. Posso ter cara de novinha, mas sou uma mulher com 33 anos. Mas eu entendo, afinal as pessoas me viram muito criança. É quase como ver uma sobrinha crescer. Quando posto uma foto mais sensual, o número de comentários dobra e é sempre do tipo 'você cresceu'. Cresci há muito tempo e já estou ficando velha, na verdade", brinca.

A atriz, na realidade, está vivendo várias novas etapas. Em outubro, Sthefany e Igor Raschkovsky se separaram após oito anos de relacionamento. Dizendo ser apenas o fim de uma fase, ela mantém fotos do casal em seu Instagram, demonstra admiração pelo ex e não descarta uma volta.

Foto: Reprodução | Instagram

"Não vou apagar nossas fotos. Igor é uma das pessoas mais importantes da minha vida e o que a gente viveu foi lindo. Ele é a pessoa que eu mais admiro e isso não vai mudar. A gente se respeita muito. Hoje a situação é essa. Amanhã, não sei. Tivemos uma história linda. Continua tudo ligual, só não estamos mais juntos. Temos dois cachorros, somos pais. Temos orgulho do que vivemos. Isso veio com a maturidade, se fosse há 15 anos, estaria querendo matá-lo (risos). Aprendi ao longo da vida, e com muita terapia, a olhar para a minha história com mais carinho", revela.

Irmã do também ator Kayky Brito, Sthefany demonstra admiração por ele e se inspira na relação na relação dos dois para construir uma família futuramente.

"Kayky está um gato. A gente não se vê todos os dias, mas isso acabou nos aproximando. Ele não é muito de falar ao telefone, e eu gosto de conversar mesmo. De vez em quando eu ligo sem avisar. Se não for assim, ele é capaz de nem atender. Somos muito amigos. Ele me apoia muito e criticamos cenas um do outro... só me falta ser mãe para me sentir realizada. Essa é minha missão. Está demorando um pouquinho, mas uma hora vem. Quero pelo menos dois filhos. Deus me livre de ter um só! A melhor coisa do mundo é ter irmão", afirma.

Foto: Reprodução | Instagram 

Sthefany, que viverá Donatella na próxima novela da Record, ainda desabafa sobre julgamentos que prostitutas recebem. Envolvida com o assunto, ela diz que esse é um trabalho cruel.

"Minha personagem vai viver um relacionamento tóxico. Ela se apaixona por um cliente e acredita que um dia eles vão ficar juntos, o que nunca acontece. Ela sofre na mão dele. Ela leva uma vida dupla e a prostituição para ela é uma questão. Abordar o tema é uma forma de tirar o julgamento do que é certo ou errado, ou de que é sujo. Se o corpo é nosso, podemos fazer com ele o que quisermos. É uma escolha, nem sempre ideal, mas ainda é uma escolha. Hora de mostrar esse universo cruel com as mulheres, que infelizmente é a realidade de muitas", conclui.