Nem Te Conto

Sophie Charlotte cogita ter outro filho: ‘Daqui a dois anos’

Após ficar um tempo longe das telinhas, atriz volta ao trabalho em uma produção ao lado do marido

Agência O Globo
- Atualizada em

Bastaram os sonhos de adolescência entrarem, enfim, nos trilhos para um desejo novo - um anseio estranhamente irreconhecível - florescer na cabeça de Sophie Charlotte: depois do casamento, do filho, da realização profissional, o que há mais? Ela ainda não sabe, mas está bem, obrigada, com o novo status. Estrela de “BR 716” e “Tamo junto”, filmes que retratam justamente a passagem de jovens para a vida adulta, a atriz aproveita o retorno ao tempo na ficção do cinema para repensar as próprias vontades.

"Sempre fui muito responsável, querendo ser adulta. Meu desejo era ser levada a sério. Acho que agora busco o contrário! Tento me levar menos a sério e aproveitar todas as oportunidades que a vida me oferece. Estou num momento bem diferente, pensando na juventude porque eu já não estou nela. Nostalgia não é bem a palavra. Fico feliz, pois guardo memórias boas”, ressalta a mulher de 27 anos, que participou de uma comédia pela primeira vez, em “Tamo junto”: "Sempre achei que fazer alguém rir é dos maiores poderes. Sei que não sou naturalmente engraçada, mas queria fazer algo assim. Tentar uma coisa nova é sempre desafiador! Foi uma experiência incrível".

Convidada para a próxima trama das 11 ao lado do marido Daniel de Oliveira, a atriz desconversa sobre seu futuro na TV. Para 2017, o plano mais concreto é se dedicar ao pequeno Otto, de apenas 8 meses. "Ele realmente mudou tudo em mim. Acho que estou aprendendo mais do que ensinando" pontua.

Do diretor Domingos de Oliveira, com quem ela trabalhou em “BR 716”, a artista guarda uma frase marcante. Num dos tantos dias de filmagem, diante da animação de Sophie com o filho nos sets, o cineasta filosofou: “Agora você deixou de ser um ponto e passou a ser uma linha no tempo-espaço”.

"Com Domingos, aprendi que esse lance de idade está por fora. O que conta é a energia que a gente tem, a vontade de viver!”, reforça ela, acrescentando: "Acho que a passagem do tempo faz mais sentindo agora. Cada fase da vida tem seu brilho. E um filho é um convite para recomeçar tudo. Reaprender e olhar o mundo com mais pureza e doçura".

Sophie recebe o carinho da amiga Thaila Ayala e do fotógrafo André Nicolau (Reprodução/ Instagram)

Recomeçar: é isso que ela quer. De 12 horas de parto normal, como foi com Otto, a atriz quer ver nascer novas vidas de si. "Passo esse sentimento intenso e prazeroso para minhas amigas. Thaila Ayala, que nunca quis ter filhos, vai ser uma super mãe!" Dispara, revelando: "Quero ter mais filhos. Quem sabe daqui a dois anos!?", brinca.