Nem Te Conto

Tati Quebra Barraco nega indireta para Anitta e diz: 'Não sou amiga dela'

Em entrevista, a funkeira esclarece que não quis ofender, nem falar mal da Poderosa

Agência O Globo

Tati Quebra Barraco conversou com o EXTRA sobre a polêmica entrevista que ela concedeu a um programa de TV em que teria alfinetado Anitta. A funkeira esclarece que não quis ofender, nem falar mal da Poderosa, e que apenas respondeu que não precisaria pegar carona no sucesso da cantora gravando uma música com ela.

Foto: Divulgação

"A entrevista foi editada como se eu tivesse falando mal dela. Não falei mal dela em nenhum momento. O jornalista me perguntou se eu gravaria com ela, e eu respondi que já deu tempo de sobra para ela gravar qualquer coisa comigo. Hoje, ela não gravaria, e eu também não. O repórter quis dizer na pergunta se eu precisaria gravar com ela para obter o sucesso de novo. E eu falei que não preciso disso, que eu tenho 20 anos de carreira, repertório e isso de gravar com ela é para alguém que está chegando agora, que precisa subir nas costas de alguém para alavancar a carreira. Não preciso disso. Só que eles editaram de uma forma que deu essa polêmica toda, que deu a entender que eu falei mal dela, da carreira dela, e isso nunca", justificou.

Tati, no entanto, reafirmou não ser amiga de Anitta: "Cantei no ensaio do Bloco das Poderosas porque ela me convidou e pagou o meu cachê. E com meus bodys foi a mesma coisa. Ela me chamou no Instagram, pediu mais peças, mas a gente não é amiga. Fui no aniversário dela, fui tratada bem, mas ela lá e eu cá". A funkeira também esclareceu que não mandou nenhuma indireta para Anitta sobre a cantora ter renegado as origens.

"Nenhum momento eu falei isso. Eu falei de mim, disse que eu nunca reneguei a minha origem, que eu tenho caráter e identidade, que é o que não pode faltar. O único contato que eu tive com ela foi no ensaio do Bloco das Poderosas, em São Paulo, e no aniversário dela. Só. Não posso chamar ela de mau caráter nem dizer que ela fugiu das origens dela, porque eu não sou amiga dela para isso". Questionada se teria procurado Anitta para resolver o "mal estar", Tati responde que não.

"Quem sabe, quem tem mente boa, entendeu o que eu quis dizer. Mas as pessoas maldosas já foram para o outro lado, porque querem ibope, né? Mas não volto atrás das minhas palavras, nem gravo vídeo para me justificar... Não estou esquentando a cabeça, não. Se ela quiser interpretar da maneira dela, ela fica à vontade, o direito é dela. E vida que segue. Deus que a ajude ela nos trabalhos, que está rica, estourada no mundo todo, e que Ele não desampare a gente aqui também".

Durante a entrevista para o programa TV Fama, que foi ao ar na última segunda-feira, Tati afirmou que não tem interesse em convidar Anitta para um feat. "Se eu gravo com Anitta hoje? Eu, com nome que eu tenho, 20 anos de carreira? Não penso, não", disparou ela, que explicou suas razões. "Porque eu seu precursora de tudo, né? Nunca saí das minhas tamancas, nunca fugi da minha origem, nunca mudei meu caráter nem minha origem. Identidade a gente tem que ter. Se ela quiser, eu vou amar. Mas eu ter essa vontade, tenho não. Com quem tenho vontade, já gravei".