Nem Te Conto

Tiago Abravanel fala sobre comentários de Silvio com Claudia Leitte

'Comportamento errôneo', disse apresentador

Agência O Globo
- Atualizada em

Tiago Abravanel, ator e cantor reconhecido pela atuação em dezenas de musicais, decidiu apostar na carreira de empresário. O artista lançou recentemente uma marca de pijamas e usa a imagem do avô, Silvio Santos, para fazer propaganda da loja.

"Meu avô está usando este pijama 24 horas. A Íris (Abravanel, companheira do apresentador) ligou para a gente e disse: 'Tiago, a gente deu dois modelos diferentes para ele. Ele tira um, bota para lavar e usa o outro. Quando o outro já venceu, ele bota para lavar e usa o outro'. Não tira os pijamas", disse ele, em entrevista a Amaury Jr.


O artista opinou ainda sobre como interpretou os comentários abusivos de Silvio Santos durante a participação de Claudia Leitte no programa Teleton, no início do mês. Na ocasião, durante transmissão no SBT, o comunicador declarou que não poderia abraçar a cantora porque ela "o excitava":

"É muito complicado. A gente está vivendo um momento de reflexão sobre todas as coisas que acontecem de bom e de ruim na sociedade. Meu avô é uma pessoa extremamente respeitada, um cara de uma generosidade e de uma história ímpar. Isso é indiscutível. Aí eu acho que é esse o grande ponto: ele não teve a intenção de ofender ou de magoar a Claudia, porém a gente está falando de uma pessoa que tem uma importância. Eu acredito que, mesmo numa brincadeira, ela se sentiu ofendida e isso é delicado", disse Tiago, de 31 anos.

Na entrevista, o ator continua e opina que as declarações de Silvio Santos deveriam ter sido reavaliadas: "É natural e é importante que as pessoas falem e coloquem a mão na consciência sobre o comportamento errôneo que não só ele teve no palco mas que muitas pessoas têm perante a sociedade. Em nenhum momento, até mesmo ele gostaria de ver a filha ou a esposa com alguém que quisesse ofender ou como se ele estivesse assediando ela. A gente vive numa sociedade onde isso existe e isso é real (...) A gente precisa prestar atenção. Infelizmente, ele fez uma brincadeira que não pode ser tratada como brincadeira".