Nem Te Conto

Vizinhos contam que já chamaram a polícia por festas de Pugliesi: 'Já tentamos conversar'

A festinha que a influenciadora fitness Gabriela Pugliesi deu no fim de semana em casa, em plena a quarentena, não surpreendeu os vizinhos da rua que ela mora

Michael Sá, da Agência O Globo


A festinha que a influenciadora fitness Gabriela Pugliesi deu no fim de semana em sua casa, em plena a quarentena, não surpreendeu os vizinhos da rua que ela mora, no bairro Vila Conceição, em São Paulo.Todos por lá já estão acostumados com os barulhos vindo da casa de Pugliesi e do marido dela, Erasmo Viana e as queixas são frequentes. O EXTRA conversou nesta terça-feira com dois vizinhos que informaram que já até já chamaram a polícia por conta das festas barulhentas do casal. E que, por conta disso, a rua inteira não gosta dos dois.

"É complicado ser vizinha deles. A rua inteira não gosta dos dois pela falta de educação. Nós já tentamos conversar muitas vezes. A polícia sempre é chamada, mas eles nem abrem a porta. Há dois anos mandamos uma notificação extra judicial com outros vizinhos e eles nos responderam que, como não moramos em condomínio, eles não têm que se submeter a regra nenhuma"', disse uma vizinha preferindo não se identificar.



Ela conta que são constantes as festas na casa de Pugliesi e que o barulho "é infernal", mesmo quando os dois estão sozinhos. "A altura do som é absurda, também nos dias de semana. Eles não têm a menor consideração e sabem que incomodam".

Uma outra vizinha também reclama da falta de respeito da influenciadora fitness e diz que são constantes as noites maldormidas por conta da "algazarrara" provocada por eles. "A festa do último sábado foi até 7h da manhã do dia seguinte, com muita gente berrando e música alta", reclamou.

Vizinha diz que foi bloqueada ao reclamar

Uma outra vizinha conta que deixou um recado no Instagram de Puglisi reclamando do barulho da festa do último sábado, mas que a mesma deletou a mensagem e bloqueou da rede social. "Dessa vez tentei falar na língua deles, vamos ver se entendem", explicou a vizinha.