Nem Te Conto

Wanessa Camargo se defende de críticas sobre machismo em nova música

Numa carta aberta publicada poucas semanas antes do lançamento do clipe, Wanessa já havia adiantado que estava receosa com a repercussão negativa que o novo trabalho poderia ter

Agência O Globo

 Não dá para negar que a nova fase da carreira musical de Wanessa Camargo começou ousada. Na última quinta-feira, a cantora lançou o clipe da música inédita “Mulher gato”, o pontapé para uma reformulação artística que apostará em melodias pop. O resultado, no entanto, não agradou parte dos fãs. Na letra acompanhada por uma batida reggaeton, há versos como “Me pega na marra, me amarra, me faz miar / Não dá para aguentar, pronta para dar / Beijo na sua boca / Me joga para cima / Que eu caio de quatro / Sou a sua mulher gato”. Em outro trecho, a artista diz, remexendo-se em coreografias sensuais: “Miau, miau, miau / Leitinho quente quer tomar”.

 O assunto figurou entre os assuntos mais comentados do Twitter, a nível mundial, na noite da quinta-feira, minutos após o lançamento da produção. Alguns usuários da rede social apontaram teor machista na composição. “Ela tem talento, o clipe está muito lindo, a produção é boa, mas essa letra não dá”, opinou um dos fãs. Outros foram mais diretos: “Coloque o áudio no mudo que o clipe fica lindo”. Outros saíram em defesa da paulista: “Sabe porque isso choca algumas pessoas? Porque é uma mulher, e não um homem, falando sobre sexo e suas fantasias num país machista”.

Na manhã desta sexta-feira, Wanessa publicou uma mensagem em resposta à celeuma, em sua conta pessoal: “Por mais que a música pop seja despretensiosa, há assuntos subjetivos em pauta! ‘Mulher Gato’ está gerando uma discussão que ajuda a desconstruir estigmas sobre o que nós mulheres podemos ou não cantar, fazer ou falar... da forma que a gente quiser”.



 Pai da cantora, Zezé Di Camargo saiu em defesa da filha na discussão que tomou as redes sociais da filha. Em meio aos comentários dos fãs, o sertanejo escreveu: “Gosto da minha filha porque ela é arrojada!! Não se prende a rótulos nenhum!!”. Pouco depois, Zilu Camargo, mãe da artista, também se pronunciou: “Sucesso total minha princesa!!”.
Foto: Reprodução
Cantora estava receosa antes mesmo do lançamento do clipe

Numa carta aberta publicada poucas semanas antes do lançamento do clipe, Wanessa já havia adiantado que estava receosa com a repercussão negativa que o novo trabalho poderia ter. "Eu estava louca com a música, enquanto os meus amigos desconfiados de início", admitiu, à época. Ela se justifica: "Essa música fala sobre um tema mais sexual. É importante pra mim, como mulher, falar também sobre isso. Nós também podemos ser sexuais, ou não ser. Mas é o nosso direito e a nossa liberdade ser ou não ser".