Estado de saúde de ator de ‘Pantanal’ atropelado melhora e ele começa a se alimentar


Foto: Reprodução / Instagram

O ator mirim Gustavo Corasini tirou a sonda e começou a se alimentar com frutas e a beber água. O progresso no estado de saúde dele, que fez o personagem Tadeu na primeira fase da novela “Pantanal”, foi comunicado na tarde desta sexta (26) pela mãe do ator no perfil do menino no Instagram.

“Boas notícias… Gustavo retirou a sonda, conseguiu fazer xixi. Comeu fruta e tomou um pouquinho de água. Graças a Deus está mais confiante. Tenho lido as mensagens para ele e está muito feliz com toda demonstração de carinho. Logo estaremos 100%”, escreveu.

Gustavo também está fazendo tratamento com psicólogos no Hospital Santa Marcelina, em São Paulo, onde permanece internado desde a última terça-feira (23), quando sofreu um atropelamento na rua onde mora, no bairro do Itaim Paulista. O amigo Eduardo Souza, de 13 anos, não resistiu aos graves ferimentos e morreu, na última quarta-feira (24).

“Ele ainda está muito triste, e se fechou para a conversa (com a psicóloga)“, relatou Fernanda Corasini, mãe do jovem. “Iremos fazer um trabalho com ela para cuidar da parte psicológica dele que está muito abalada.

O acidente foi horrível, e ele presenciou toda a situação do estado grave que o amigo estava. Além da perda, com certeza são cenas perturbadoras que não saem de seus pensamentos”, acrescentou ela.

O atropelamento

Gustavo e o amigo Eduardo Souza foram atropelados enquanto enfeitavam a rua onde moram, em São Paulo, com bandeirinhas verdes e amarelas para a Copa do Mundo. Eles foram atingidos por uma vizinha que dava marcha à ré no carro e os prensou contra um muro.

Segundo o relato de testemunhas, a motorista foi abrir passagem para uma ambulância, chamada para socorrer um pedreiro que se feriu numa obra na vizinhança, mas perdeu o controle do veículo e prensou as crianças contra um muro. Gustavo e Eduardo tentavam ver o que acontecia na casa da vizinhança, antes de o acidente acontecer. Uma amiga dos dois os filmava com o celular.

Moradores da região no Itaim Paulista, na Zona Leste de São Paulo — onde aconteceu o acidente — tratam o caso como uma “fatalidade”. A mãe de Gustavo e outros vizinhos usam as redes sociais para pedir orações para a motorista que atropelou as crianças.

— Não tem como culpar ninguém. A motorista é uma vizinha da nossa rua que não teve a intenção de nada disso. Ela está com a saúde mental prejudicada. Foi mesmo uma fatalidade. É isso que estamos falando, principalmente para a mãe do Eduardo — conta, ao GLOBO, uma das madrinhas do adolescente, também moradora do local.

Em depoimento à polícia, a motorista contou que se atrapalhou com os pedais porque o carro é automático. Ela foi presa em flagrante no 50º Distrito Policial (DP), que a indiciou por homicídio e lesão corporal culposas (sem intenção de matar e de ferir), e passará por audiência de custódia na Justiça.

De acordo com vizinhos, a mulher segue agora na casa de uma das filhas, em outro bairro, pois não conseguiu voltar para a própria residência, devido ao abalo emocional e psicológico diante da situação. “Peço orações pela motorista, que é nossa vizinha, e está abalada e em choque”, afirmou Fernanda Corasini, mãe de Gustavo, por meio do Instagram.

Como está Gustavo Corasini

“As dores da alma tiraram o brilho no seu olhar. Ele está muito triste com a perda do amigo”, conta Fernanda, mãe de Gustavo Corasini, de 12 anos. O adolescente está inconsolável, como dizem familiares, desde que recebeu a notícia da morte do amigo Eduardo Souza, que não resistiu aos ferimentos.

“Gustavo chora, questiona e às vezes vêm as lembranças das ‘artes’ que aprontavam. Eles eram, junto com o Matheus (outro amigo), os meus três patetas. Assim que falavam que eram. Só aprontavam, como toda criança feliz. Peço muitas orações pelo meu menino”, escreveu a mãe de Gustavo, por meio dos Stories, no Instagram.

Foto: Reprodução/Instagram

Os médicos responsáveis pelo tratamento de Gustavo Corasini avisaram à família do adolescente que ele deve receber alta hospitalar na próxima segunda-feira (29). A princípio, ele deixaria o Hospital Santa Marcelina, na Zona Leste de São Paulo, nesta sexta-feira (26). O jovem, no entanto, precisará ficar sob observação por mais tempo. Ele passou a ter acompanhamento de psicólogos desde que recebeu a notícia sobre a perda do amigo.

“Graças a Deus, o Gustavo é um menino muito querido e está recebendo muitas vibrações de amor. Nosso menino é um milagre de Deus”, contou a mãe do ator mirim. “Ficaremos no hospital ainda por mais uns dias devido à medicação que ele vem tomando. As dores são muitas, dói tudo, não tem posição para ficar, e ele ainda não está conseguindo se alimentar”, explicou ela.

Elenco de ‘Pantanal’ se manifesta

Gustavo Corasini sofreu fraturas na perna, nos braços e na bacia e precisou realizar cirurgias. Ele segue com quadro estável. Como noticiou a colunista Patrícia Kogut, Gustavo está sedado, mas consciente e “chorando demais”.

“Psicologicamente ele está muito triste, chorou muito ao saber da notícia. De tempos em tempos ele se lembra dos momentos que passaram juntos e chora”, descreveu a mãe do ator mirim em seu perfil.

Após saber sobre o acidente, José Loreto, que faz o personagem na fase adulta, deixou um comentário desejando “força” às famílias dele e de seu amigo, Eduardo Souza. Em entrevista para a colunista do GLOBO Patrícia Kogut, o ator Marcos Palmeira, intérprete do fazendeiro José Leôncio na novela, afirmou que todos no elenco da produção estão chocados com o que houve:

— Além do acidente, teve a morte do amigo, o que também gera um trauma enorme. O que a família precisar, estamos aqui. Aquele menino é um querido. Está todo mundo arrasado aqui na novela.

Leia mais sobre Celebridades em iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.