Nem Te Conto

Frejat abriu o projeto Circuito das Artes no Bahia Café Hall

Por: Lisani Azevedo – lisani@portalibahia.com.br Na noite da sexta-feira (22), o Circuito das Artes, evento que reúne música e diversas manifestações artísticas, recebeu o cantor Frejat em sua primeira edição. O show aconteceu no palco no Bahia Café Hall, em Salvador, e marcou uma memorável estréia do artista, com seu trabalho solo, nos palcos da cidade. No repertório, estiveram presentes canções como “Amor pra Recomeçar”, “Túnel do Tempo”, e sucessos do Barão Vermelho, a exemplo de “Exagerado” e “Beth Balanço”, levando os fãs ao delírio em diversos momentos.  Frejat cantou músicas do seu próximo CD, como “Vambora”, “Dois Lados”, trilha sonora da novela “Beleza Pura”, da TV Globo e ainda inclui “Mais uma Vez”, da Legião Urbana, para celebrar a presença de Dado Villa-Lobos, ex-guitarrista da banda que aproveitou a passagem pela cidade para conferir o show do amigo.  Ao […]


25/08/2008 às 18h39

2 min de leitura

Por: Lisani Azevedo – lisani@portalibahia.com.br

Na noite da sexta-feira (22), o Circuito das Artes, evento que reúne música e diversas manifestações artísticas, recebeu o cantor Frejat em sua primeira edição. O show aconteceu no palco no Bahia Café Hall, em Salvador, e marcou uma memorável estréia do artista, com seu trabalho solo, nos palcos da cidade. No repertório, estiveram presentes canções como “Amor pra Recomeçar”, “Túnel do Tempo”, e sucessos do Barão Vermelho, a exemplo de “Exagerado” e “Beth Balanço”, levando os fãs ao delírio em diversos momentos.

 Frejat cantou músicas do seu próximo CD, como “Vambora”, “Dois Lados”, trilha sonora da novela “Beleza Pura”, da TV Globo e ainda inclui “Mais uma Vez”, da Legião Urbana, para celebrar a presença de Dado Villa-Lobos, ex-guitarrista da banda que aproveitou a passagem pela cidade para conferir o show do amigo.  Ao final da apresentação, o cantor agradeceu pela oportunidade de cantar em Salvador.

O Circuito das Artes teve ainda o show de Thati que apresentou sucessos do pop rock nacional e internacional. No Centro Cultural, o Atelier Jeanne Gubert expôs peças da sua coleção Primavera/Verão 2e as telas de Ed Ribeiro puderam ser contempladas pelo público do evento. Nos intervalos de cada atração, o DJ Chico assumia as pick-ups e agitou a pista de dança. Artistas circenses fizeram performances com malabares e acrobacias com tecidos na entrada do Bahia Café Hall. Para a próxima edição, que acontecerá na sexta-feira (29/08), o evento trará o romantismo do cantor Jorge Vercillo e o show de abertura será com Marcelo Timbó.