Nem Te Conto

Laércio x Ana Paula: entenda a recente polêmica do BBB 16

Nas redes sociais, as opiniões estão bastante divididas


01/02/2016 às 11h55

4 min de leitura
Neste fim de semana, o ‘BBB 16’ foi palco de um episódio bastante polêmico. O clima da casa começou a esquentar durante a Festa PUB BBB, na sexta-feira (29), quando os brothers Ana Paula e Laércio acabaram brigando feio.Segundo informações do GShow, o pivô da discussão foram olhares de Laércio, de 53 anos, para Ana Paula, 34, e Munik, 19. Ana Paula chegou a chamar o brother de tarado por achar que ele estava olhando o bumbum das meninas enquanto elas dançavam, especialmente de Munik.

Na manhã seguinte, no sábado (30), a mineira decidiu agir e acordar Laércio aos gritos, pedindo que ele fosse vestir uma roupa, já que ele dormia apenas de cueca. “Velho fedido, nojento e pedófilo”, gritou ela.Laércio havia afirmado, em conversa com Ana Paula, que sente atração por meninas mais novas. Ele contou ser adepto do poliamor, além de namorar com duas adolescentes de 16 e 17 anos. “Eu gosto de uma novinha. O problema é que para mim só aparecem novinhas mesmo, tipo 17, 18, 20 anos. Mulher gosta de homem mais velho e homem gosta de mulher mais jovem”, disse ele.A confissão somada às atitudes do brother durante a festa, levaram Ana Paula a desabafar com Matheus sobre o assunto: “Se parar o Laércio na minha frente, eu dou na cara dele. Ele é nojento de todos os jeitos. Homem asqueroso “, disparou a sister. “Pedófilo nojento. Diz que tem duas namoradas”.Indignado com o xingamento da sister, que o chamou de pedófilo, Laércio foi até o confessionário e tentou conversar com a produção do programa, pedindo que Ana Paula seja eliminada do BBB. Assim que ele entrou no confessionário, Alan comentou com Daniel: “Eu percebo os olhares dele (Laércio) mas, uma coisa é ser tarado, outra coisa e ser pedófilo”.Repercussão nas redes sociais

Nas redes sociais, as opiniões estão bastante divididas. Na página oficial do BBB 16, a maioria dos seguidores considera as ofensas de Ana Paula como um surto de histeria. “Fora, Ana esquizofrênica! Fica, Laércio. Somos todos Laércio”, torce uma internauta. “Laercio não é pedófilo, não existe nenhuma prova contra ele. É um senhor e merece respeito!”, disse outra. Do outro lado da discussão, um texto, que já chega a mais de 32 mil curtidas, diz comentar uma versão alternativa da história. “Ana Paula defendeu a amiga que estava com ela na casa que tambem foi alvo do gesto [simulando, através de dois dedos e uma língua, a prática de sexo oral em uma mulher], se incomodou com o desrespeito causado pela falta de pudor dele com as demais mulheres e foi a única revoltada com a confissão de pedofilia. Laércio confessou sexo frequente com menores de idade e admitiu que usa bebida para facilitar”, diz o texto, que foi divulgado através do Facebook, no sábado (30).”Ana é criticada por não trabalhar, por ter dado ordens (que nem eram para ser necessárias porque francamente) e por dizer que é machista, mesmo que no fim, ela tenha sido a mais feminista sem saber”, completa.