Margareth Menezes canta com Gil e se emociona na Barra-Ondina


A cantora Margareth Menezes emocionou o circuito Barra-Ondina na noite de segunda-feira (20) com o seu Cordão Cultural AfroPop. Vestida de Tieta, ela dividiu os vocais ao longo do percurso com Márcia Short, ex-cantora da Banda Mel, e o sertanejo carioca João Gabriel. Com eles, Margareth cantou sucessos seus, como Dandalunda, Toté de Maianga, Selei (Saudação ao Caboclo) e Elegibô, além de canções da Banda Mel, como Crença e Fé, e canções sertanejas como Tem Que Ser Você e Borboletas.

Mas a passagem da cantora foi marcado mesmo por um encontro mágico em frente ao camarote Expresso 2222, com Gilberto Gil vestido com trajes de Gandhy. “Existem muitas cantoras na Bahia, cada uma com sua qualidade, mas eu posso dizer que eletrizante deste jeito, só tem uma. Margareth, você é eletrizante”, disse Gil em homenagem à cantora. Logo depois, emendou as músicas Toda Menina Baiana, Samba da Minha Terra e O que é o que é.VEJA TAMBÉM:Veja também a cobertura do Correio*

Próximo ao final do circuito, a cantora assistiu a um vídeo sobre seus 25 anos de carreira. A homenagem surpresa, com depoimentos de artistas e familiares, a levou às lágrimas. Para delírio geral, a artista agradeceu cantando Faraó, música que a projetou internacionalmente em 1987. Já na dispersão, a cantora deu adeus aos foliões com Banho de Cheiro e Andança.