Médico diz que anabolizante pode ter agravado saúde de Netinho


Um dos médicos responsáveis pelo tratamento do cantor Netinho em Salvador revelou em entrevista ao Fantástico neste domingo (12) que o artista pode ter feito o uso de medicamentos e substâncias para o crescimento muscular.

“É provável que tenha o uso de algum medicamento que inclusive já havia sido prescrito pra ele pra estimular o crescimento muscular, como hormônios anabolizantes. Várias substâncias que são utilizadas para a fisicultura. E eventualmente algumas que são utilizadas também supostamente para reverter ou deter o envelhecimento”, analisa o médico Jorge Bastos, que ainda completa: “Nós temos prescrições médicas, de médicos fora da Bahia, que foram prescritas diversos medicamentos desse tipo pra ele”. A utilização destes medicamentos é proibida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Segundo Jorge Bastos, as substâncias não eram de conhecimento da equipe médica no início do tratamento do artista, o que ajudou a complicar o quadro clínico do cantor. Isso porque, ao realizar a biópsia no fígado de Netinho, os médicos do Hospital Aliança não puderam prever o sangramento.
A reportagem afirma que uma pequena hemorragia é comum no procedimento, mas que a mesma é estancada pelo próprio órgão como mecanismo de defesa. O caso do cantor, contudo, foi atípico. Durante 24 horas ele não apresentou nada e chegou a receber alta médica e ir para casa. Sentindo fortes dores horas depois, ele retornou à unidade de saúde e foi constatada a situação.
A explicação da equipe médica para isso foi uso destas substâncias químicas. “É provável que tenha o uso de algum medicamento que inclusive já havia sido prescrito pra ele pra estimular o crescimento muscular, como hormônios anabolizantes”, declarou o médico Jorge Bastos, “Várias substâncias que são utilizadas para a fisicultura. E eventualmente algumas que são utilizadas também supostamente para reverter ou deter o envelhecimento”.
Segundo o Hospital Sírio Libanês, onde o cantor está internado após ser transferido em uma UTI aérea na última quinta-feira (9), o estado de saúde dele é grave, mas estável. “Ele apresenta cada dia uma melhora discreta do quadro. Então, a equipe médica, com todo o cuidado, está bastante otimista”, afirma o médico Roberto Kalil Filho. Netinho já respira sem a ajuda de aparelhos e vem apresentando uma melhora progressiva. 
Matéria original: Correio 24h