‘O Brasil para no dia do jogo, mas não parou por você’, desabafa viúva de Erasmo Carlos


Erasmo Carlos e Fernanda
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Fernanda Passos, viúva de Erasmo Carlos, apareceu nas redes sociais nesta sexta-feira (02) para fazer desabafo após a morte do cantor e compositor.

“Vido, quando você foi para o quarto e tirou os acessos eu não conseguia segurar as saudades. Não era difícil que médicos e enfermeiros me encontrassem deitada com você na cama. Me levantava rapidamente e pedia desculpas… depois, fui ficando folgada e dizendo: ‘é que estou com saudades'”, iniciou a pedagoga.

“Amor, você dizia muito que só se sentia seguro comigo, na minha presença. Quando eu não podia fazer nada você só me pedia para ficar perto: ‘meu bem, fica aí pra me dar apoio moral’. E quando eu não estava e as enfermeiras e médicos ‘atropelavam tudo’, como você dizia, só de me contar depois você se confortava. Amor, que segurança é essa que você sentia em mim?”, continuou.

“Que espécie de porto seguro é esse que não conseguiu te proteger? Algumas vezes eu estava muito cansada, mas eu tinha que ter feito mais, tinha que ter feito melhor! Eu não consigo me perdoar, mas não é pela saudade que eu estou sentido, é pela dor que você possa ter sentido… só de pensar em você perdido em algum momento meu coração se contrai e fica preso”, disse a viúva de Erasmo Carlos.

Fernanda ainda fez um paralelo entre o Brasil em dia de jogo da Copa do Mundo e a falta que o cantor faz para ela desde a morte aos 81 anos.

“O Brasil para no dia do jogo, mas não parou por você. Pra mim a vida tem parecido um grande domingo esperando você chegar de viagem buscando meu abraço, respirando fundo e dizendo: vou tomar banho direto para deitar com você”, disse, por fim.

Leia mais sobre Nem Te Conto no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.