Quadro de Claudia Rodrigues inspira cuidados e impede transferência de hospital: ‘Risco de piora’


Foto: Reprodução/ Instagram

O quadro da atriz Claudia Rodrigues, internada desde a terça-feira (18) após apresentar manchas avermelhadas por todo o corpo, requer atenção médica.

A humorista, que vem sendo acompanhada por especialistas em um hospital em Curitiba, no Paraná, não poderá ser transferida para a unidade médica do Albert Einstein, em São Paulo, por possíveis riscos ao quadro de saúde da artista.

De acordo com o representante da artista, Marcelo Carlone, existe um risco de inflamação generalizada e por isso, a recomendação é de que a atriz siga com o tratamento onde está.

“A Claudinha não será transferida de Curitiba para o hospital Albert Einstein (SP), pois existe um risco de piora da atriz no trajeto devido à inflamação generalizada. Mesmo tomando as medicações para conter as reações, não obtivemos os resultados esperados. A inflamação não está retrocedendo e as manchas avermelhadas permanecem por todo o corpo, ainda gerando coceiras e incômodo. Além disso, a inflamação acaba potencializando outros sintomas recorrentes da própria esclerose múltipla. Estamos pedindo a Deus que isso passe para podermos seguir com outros procedimentos”, explicou.

A atriz, que tem Esclerose Múltipla (EM), foi internada com fadiga excessiva, dificuldade de andar e manchas pelo corpo. Exames realizados na unidade curitibana descartaram as possibilidades de Herpes-Zóster e Varíola dos Macacos, no entanto, ainda não há um diagnostico para o que aconteceu com Claudia.

Leia mais sobre Nem Te Conto no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.