Thammy proíbe Jenny Miranda de usar nome de Gretchen em trabalhos e ela rebate: ‘Existe processo de adoção. Vão me devolver?’


Foto: Reprodução/ Instagram

A polêmica na família Miranda parece estar bem longe de terminar. Após a crise instaurada entre Gretchen, sua filha Jenny Miranda e a neta Bia Miranda (depois de a jovem ter vivido um affair com Adriano Imperador), parte do núcleo familiar está rompida. E Thammy agora não quer mais que a irmã adotiva use o nome da mãe em trabalhos, reportagens e afins.

O processo corre no Fórum Regional na Barra da Tijuca, e, segundo Jenny, existe há pelo menos sete anos. Gretchen briga na Justiça para adotar legalmente Jenny, mas encontrou barreiras porque a mãe biológica da artista está viva.

Jenny era integrante do grupo musical “The Cats”, na época liderado por Thammy. Após contar sua história (de que a mãe a ignorava, que fugia de casa constantemente e de ter sido abusada sexualmente) para Gretchen, a cantora a chamou para morar em sua casa e entrou com o pedido de adoção legal. Jenny tinha 17 anos na época.

Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal

Ela conta que Thammy entrou em contato com ela para dizer que não deve mais usar o nome da mãe, que a bloqueou em todas as contas de redes sociais, inclusive no telefone.

“Me senti ameaçada. Eu não estou fazendo nada de errado. me acusam de querer fama. Que fama? Quase apanhei de uma mulher quando fui fazer um trabalho no Maranhão depois que a Bia (a filha) falou um monte de mentiras. E agora o Thammy nem me deixa falar com a minha mãe”, reclama ela: “Quando precisaram de mim, quando eu estava bem financeiramente e ajudava com dinheiro, eu era filha e irmã. Agora não sou mais”.

Bia Miranda, a neta de Gretchen, foi escalada para o elenco de um reality, numa seleção preliminar. Agora ela está no mesmo escritório que agencia a avó famosa.

Leia mais sobre Celebridades em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias

Veja também: