'Velho Chico': Iolanda abandona Afrânio no fim


Demorou, mas Iolanda (Christiane Torloni), finalmente, abandona Afrânio (Antônio Fagundes) no fim de “Velho Chico”. Ela decide deixar Grotas depois da morte de Encarnação (Selma Egrei). Afrânio não faz nada para impedir a mulher de ir embora. “Não espere que me jogue aos seus pé e peça pra você ficá… isso num fiz nem pros meus filho, num é pra você que vô fazê!”, fala ele. “Nunca esperaria algo assim do senhor, coronel!”, responde Iolanda.

Grosseiro, ele fala para ela não levar um centavo do que é dele. “Não quero seu dinheiro… pra falar a verdade, não quero nem a lembrança desse coronel Saruê! Vou levar apenas o que trouxe, Afrânio, e que me manteve aqui durante todos esses anos: a lembrança do que vivemos longe desta casa, desta terra e desta família… a lembrança de um tempo onde eu e você fomos felizes!”, diz ela.
Afrânio diz para ela levar as suas lembranças: “Eu mesmo não faço questão dela aqui depois que você se for!”. Iolanda fica magoada: “Pode deixar, coronel… pode deixar que, não apenas vou levar essas lembranças, como irei cuidar dela até o último dia de minha vida!”. Ela vira as costas para ir e ele a interpela: “Se você for mesmo, Iolanda… se você der as costas pra mim, como fizeram todos nessa casa, não vô lhe perdoá é nunca!”.
Iolanda enfrenta o ex-marido: “Também não vou lhe perdoar é nunca, coronel! Posso perdoar os crimes que o senhor cometeu em nome dessa família… mas não perdoo por ter matado o amor da minha vida é nunca!”. Iolanda se muda para Salvador e procura trabalho no mesmo lugar onde ela cantava antes de ir morar com Afrânio em Grotas.

Veja também: