Novelas

'A Força do Querer’: Eugênio conta para Joyce que é o pai do filho de Irene

Ela está grávida e esse filho é seu!”, afirma Joyce. “É...é meu!”, confirma o marido infiel

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Eugênio (Dan Stulbach), em “A força do querer”, pede o apoio de Ruy (Fiuk) e Ivan (Carol Duarte) para contar para Joyce (Maria Fernanda Cândido) que Irene (Débora Falabella) está esperando um filho dele. No fim do capítulo deste sábado, o advogado começa a dar a notícia para a mulher: “ Joyce, a pergunta que você me fez hoje sobre a Irene”. “Ela está grávida e esse filho é seu!”, afirma ela. “É...é meu!”, confirma o marido infiel.

No capítulo de segunda-feira, o casal lava a roupa suja. “Qual era a sua ideia, Eugenio? Fazer uma família com ela?”, pergunta Joyce. “Eu nunca quis me separar de você! E ela sempre soube disso!”, observa Eugênio. “Não queria, mas não evitou ter filhos também!”, diz a mãe de Ruy e Ivan. “Ela tomava a pílula... confiei...”, admite o advogado, que completa: “Joyce... Eu me enganei com a Irene da mesma maneira como você se enganou, como outras pessoas devem ter se enganado... Não imaginei que ela fosse capaz de nenhuma desonestidade”.

Revoltada, Joyce exige que Eugênio fale como ficou sabendo da gravidez de Irene. “Ela me mandou o exame... e uma cobrança... uma conta de uma loja de bebês”, conta ele, completando: “Vou exigir um exame de DNA, claro!”.

A mãe de Ruy e Ivan insiste para saber se o marido arcou com as despesas que Irene fez. “Você pagou? A conta?”, pergunta. “Paguei... eu... tive medo que ela procurasse você... que essa noticia chegasse a você antes de mim e... através dela... paguei”, confidencia o advogado.

Arrasada, Joyce dispara: “Me deixa sozinha, Eugenio!”. Ele se preocupa com o futuro do casamento e tenta conseguir o perdão da mulher: “Joyce... se eu pudesse apagar tudo isso! se existisse uma maneira de voltar pra trás e... nunca ter olhado pra essa mulher... eu daria anos da minha vida pra não ter me metido com ela”.

Já sem paciência para continuar a conversa, Joyce dispara: “Mas se meteu... e a consequência está aí... e é pra vida toda! Me deixa só! Por favor!”.