Novelas

'A força do querer': Joyce está certa da traição de Eugênio e desabafa com Irene

Ao ter certeza de que Eugênio (Dan Stulbach) está tendo um caso, ela desabafa com a arquiteta, sem desconfiar de que é ela a amante do advogado

Agência O Globo

Joyce (Maria Fernanda Cândido) vai fazer de Irene (Débora Falabella) sua confidente, em "A força do querer". Ao ter certeza de que Eugênio (Dan Stulbach) está tendo um caso, ela desabafa com a arquiteta, sem desconfiar de que é ela a amante do advogado.

Foto: Reprodução/Tv Globo

A socialite diz estar sem chão. Irene, então, pergunta se o marido confessou. "Não... Mas nem precisa! Negou sem convicção nenhuma! Se atrapalhou todo... Eugênio nunca soube mentir! Talvez eu tivesse percebido antes, se estivesse mais atenta a ele.... A verdade, e nisso eu me culpo também... não tenho olhado pra Eugênio como eu olhava antes", afirma Joyce, que continua. "Ele tem razão quando diz que eu me voltei para os problemas dos filhos e deixei nosso casamento de lado".

Fazendo-se de amiga, Irene diz para a dondoca não entrar nessa. "Não deixa ele fazer com que você se sinta culpada, porque você não é! Isso é uma manobra muito masculina. Não admita nada! Não repita de jeito nenhum uma coisa dessa pra ele! Porque isso vai ter o efeito de uma carta branca! Se a culpa é sua, ele vai se sentir muito mais à vontade pra exercer o papel de vítima, ou seja... continuar tendo um caso. Por culpa sua!", aconselha Irene.

Joyce acredita que talvez a arquiteta tenha razão. "Talvez não, eu tenho!", brada. "E eu tinha pensado hoje à noite chamar o Eugenio pra uma conversa franca. Começar admitindo as minhas falhas pra que ele se sentisse à vontade para admitir as dele!", conta a socialite. "Nunca! Jamais! Faça o contrário: demonstre o seu ressentimento! Deixe bem claro que está ofendida, que se sente traída...Ele vai dormir no sofá uns dias, vai sair pra sentar sozinho no bar uns dias... mas vai acordar! E volta pra você inteiro!", argumenta a vilã.

Joyce, pensativa, dispara: "Quem será essa mulher, Irene?". "Dá uma dura nele! Eu sei que estou te dizendo!", desconversa a arquiteta. "Vou fazer isso... está certo! Vou fazer isso!", afirma a dondoca. Irene, então, segura a mão de Joyce e pede que a amiga lhe conte como ele reagir.