Novelas

A Vida da Gente: Ana se desespera com doença de Júlia

Não há outra saída a não ser um transplante", explicará o médico

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Júlia (Jesuela Moro) será internada às pressas em 'A Vida da Gente'. A filha de Ana (Fernanda Vasconcellos) terá hepatite e o quadro não será dos melhores. As cenas irão ao ar no dia 2 de agosto. 

Tudo começa quando Manuela (Marjorie Estiano) percebe o desânimo da sobrinha e a leva para uma consulta com Celina (Leona Cavalli). Mesmo após uma bateria de exames, a pediatra não descobrirá o motivo do comprometimento do fígado da criança. 

Júlia fica internada e Celina transfere o caso para o colega e especialista Daniel (Hélio Ribeiro). "Os exames indicam que as funções hepáticas da Júlia estão bastante comprometidas, e o quadro clínico está evoluindo muito rapidamente. Não há outra saída a não ser um transplante", explicará o profissional.

"Como assim? Sem antes tentar nenhum tratamento?", questiona Rodrigo (Rafael Cardoso) assustado.

"Lamentavelmente não existe nenhum remédio ou terapia que possa reverter esse quadro. E sem o transplante, as chances são bem pequenas. O tempo de espera também é critico", explica o hepatologista

"Meu Deus do céu, quanto tempo a minha filha pode esperar para receber esse órgão?", diz Ana emocionada. "Eu vou listar a Júlia em uma lista de transplantes com urgência zero. Ou seja, máxima. Se ela for a única compatível, se torna a primeira da fila", continua Daniel.

"Mas a Júlia não pode esperar", acrescenta Manuela. "Será que não tem um jeito de colocar a minha filha em outro lugar que não seja essa lista?", indaga Ana.

"Existe o transplante entre vivos, mas nesse caso a gente tem que checar se há um doador na família consanguínea. Se houver, sem dúvida é a melhor solução", explica o médico. 

"Então, vamos começar essa investigação agora mesmo, porque a gente não tem mais tempo a perder", dirá Rodrigo.