Novelas

A Vida da Gente: sem paciência, Dora acaba com a raça de marido folgado

Ela avisa o marido que não tem condições de assumir as contas sozinha

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Dora (Malu Galli) não aguenta mais o jeito acomodado de Marcos (Angelo Antonio) em "A Vida da Gente". Nos próximos capítulos, a assistente social perderá a paciência com o marido ao descobrir que ele pediu demissão da agência de turismo. 

Marcos vai contar para mulher que desistiu do emprego porque o chefe não aceitava suas ideias. Na ocasião, ele dirá que pretende abrir a própria agência de turismo. A fala dele deixará Dora revoltada. Ela dirá poucas e boas para ele e fará questão de reforçar que ele é muito sonhador. 

Momentos depois, mais calma, Dora pedirá desculpas para Marcos pela forma como reagiu a novidade na vida dele, mas deixará claro que para ela é inviável bancá-lo. 

Assim que Marcos conta que se demitiu porque o dono da agência não aceitava suas ideias, e que ele abriria sua própria agência, a reação de Dora é intempestiva. Ela se desespera, já que acredita que o marido é sonhador demais, e que precisava ter os pés no chão.

"Eu entendo que você tinha esse pacto com a Vitória (Gisele Fróes), essa divisão de funções. Mas comigo não vai poder ser assim. A situação aqui é outra. E nem que eu ganhasse o suficiente para bancar nós dois, eu não acho que seria saudável", afirmará Dora. 

Marcos tentará tranquiliza-la: "Eu jamais pensaria em expor você e a nossa família a uma decisão impensada. Eu fiz as contas, o meu amigo tem o capital suficiente e acredita na minha capacidade".

Após a explicação, Dora entenderá o ponto de vista do marido, mas continuará preocupada com a vida financeira deles.