Novelas

'Além do Tempo': Melissa terá redenção em final emocionante, que vai ao ar hoje

A novela da autora Elizabeth Jhin, que mais uma vez apostou no tema de teor espiritual, ousou com dois finais separados

Ana Cristina Pereira (ana.pereira@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Depois de muita emoção e uma mudança nunca vista nas novelas brasileira, Além do Tempo chega ao fim nesta sexta-feira (15), na Globo/TV Bahia. E com promessas de mudar o destino do casal Lívia (Alinne Moraes) e Felipe (Rafael Cardoso), que não conseguiu concretizar seu grande amor na primeira fase da história.

A novela da autora Elizabeth Jhin, que mais uma vez apostou no tema de teor espiritual, ousou com dois finais separados por um longo período de tempo  e por recolocar os mesmos personagens reencarnados no presente - a novela começou no século 19 -, com várias pendência a resolver.

O casal de protagonistas vai se salvar do final trágico, quando morreram ao cair de um penhasco. Lívia e Rafael serão novamente jogados de um penhasco pelo vilão Pedro (Emílio Dantas), mas, desta vez, vão sobreviver e ficar juntos. Desacordados e abraçados, Lívia e Felipe afundam na água, mas são salvos pelo anjo Ariel (Michel Melamed).

Foto: Reprodução/TV Globo

Outra que também havia morrido e agora se salvará será Melissa (Paolla Oliveira), que ajudará sua rival e terá a redenção. Na sequência final, Pedro tenta sequestrar o filho de Felipe, Alex (Kadu Schons), mas será detido por ele. Pedro e Lívia, no entanto, acabam empurrados.

Melissa chegará ao local, tomará a arma de Pedro e o matará, como ele fez com ela na outra encarnação. A ex-vilã vai morar com a mãe, Dorotéia (Julia Lemmertz), que ficará rica. Mas o destino reservará um reencontro com o casal. Na última cena, os três brindarão à nova vida.

Já Emília (Ana Beatriz Nogueira) e Vitória (Irene Ravache) vão experimentar o amor de mãe e filha. Após descobrir que Alberto (Juca de Oliveira) mentiu sobre o passado da mãe, Emília a perdoará e pedirá desculpas pelo seu comportamento, sendo surpreendida pela resposta da mãe. “Mili, eu que te peço perdão, filha. Tanto mal que lhe causei, tanto mal”, dirá Vitória. 

Segundo Elizabeth Jhin, com o final “emocionante e reflexivo” da novela, ela pretende deixar um questionamento para o público: “Será mesmo que colhemos o que plantamos?”, pergunta a autora, que se diz feliz por ter conseguido fazer uma “trama inovadora e diferente”, e por ter conseguido passar algumas mensagens para o público, que se manteve fiel à trama. Mesmo tendo diminuído a audiência em relação à primeira fase, Além do Tempo teve uma média de 20 pontos, segundo dados do Ibope, desde que estreou em 13 de julho. Números considerados bons para o horário. 

Correio24horas