Novelas

Após dois anos longe da TV, Sergio Malheiros volta na trama das 19h

Ator falou também sobre casamento com Sophia Abrahão

Patrícia Kogut, da Agência O Globo
- Atualizada em

Longe das novelas desde "Malhação: Pro dia nascer feliz", em 2016, Sergio Malheiros voltará ao ar em "Verão 90 graus", trama das 19h de Izabel de Oliveira e Paula Amaral. Na história, ele será um surfista ligado ao movimento negro nos anos 1990.

- Foi um momento em que os jovens estavam começando a se identificar com a questão racial. Tenho estudado sobre os movimentos negros no Brasil e no mundo para tentar entender essa sensação de falta de representatividade da época.

O ator considera importante tratar de racismo na TV aberta: - Infelizmente, estamos longe de conseguir parar de falar sobre isso. Na hora de escolher os meus trabalhos, sempre procuro pensar nessa questão. Cada vez mais a gente consegue espaços para discutir a ausência de negros em cargos de importância.


Sergio conta que já se sentiu discriminado por ser negro: - Eu acho que é impossível dizer que não sofro com o preconceito. Eu, como qualquer negro, faço os personagens negros, e eles são a minoria em qualquer produto. Venho lutando contra isso e tentando buscar o meu espaço. Se observarmos o mercado, não só no Brasil, mas mundialmente, já evoluímos muito. Porém, ainda temos um caminho longo para percorrer. Me sinto privilegiado por ter conseguido um lugar e tento fazer disso uma arma.

Em breve, ele também poderá ser visto na TV fechada na série "Ouro Branco", da Fox. A atração conta a história do tráfico de drogas no Rio nos anos 1990. Na trama, o ator vive um criminoso: - Foi um trabalho bem intenso, tive que me envolver num universo que não é o meu. Visitei algumas comunidades e estudei referências indicadas pelos diretores. Além disso, foi importante entender o processo de favelização do Rio, ligado ao descaso do poder público.

Namorando a apresentadora e atriz Sophia Abrahão há três anos, ele diz que o casal tem encontrado dificuldades para oficializar a união: - Estamos doidos para casar, mas não temos tempo. Sophia tirou férias agora e estávamos  querendo viajar, aí comecei a rodar o filme 'Cinderela pop' e não conseguimos. Se a gente não consegue conciliar férias, imagina um casamento. Quando rolar, vai ser de supetão. Queremos fazer uma festa mais tranquila.


Apesar de ainda não serem casados oficialmente, os dois já moram juntos: - Essa experiência está sendo maravilhosa. Somos apaixonados pela nossa casa, gostamos de cuidar dela. Curtimos cozinhar juntos e aprendemos muito com esse relacionamento. Montar uma casa cria um elo muito bacana para o casal. Eu descobri uma paixão: lavar roupas. Coloco tudo na máquina e espero lendo textos etc. É ótimo.