Novelas

Bibi implora por Rubinho ao chefe do tráfico em ‘A força do Querer'

Ao saber que o marido está sendo ameaçado na cadeia, ela não perde tempo e avisa a mãe, Aurora (Elizângela), que vai ao morro falar com o chefe do tráfico

Agência O Globo

Bibi (Juliana Paes) se arrisca para salvar Rubinho (Emilio Dantas) em “A força do querer”. Ao saber que o marido está sendo ameaçado na cadeia, ela não perde tempo e avisa a mãe, Aurora (Elizângela), que vai ao morro falar com o chefe do tráfico. “Se alguém pode proteger o Rubinho, agora, são eles lá! Mais ninguém... Chego lá, pergunto o nome do chefe e exponho a situação do Rubinho! Eles não vieram aqui? Pois agora eu vou lá!”, afirma. As cenas começam a ir ao ar a partir desta terça-feira.

Aurora se desespera: “Arriscado até a fazerem algum malefício contigo, Bibi! Tu não viste aqueles marginais? Tudo de fuzil na mão...”.

Foto: Reprodução
Bibi não dá ouvidos e vai ao morro. Chegando lá, uma mulher vê que ela está perdida e logo quer saber o que está procurando. “Queria falar com o dono daqui! Sou a esposa do Rubinho, aquele caso que estão chamando ‘caso do garçom’”, diz. Desconfiada, a mulher pede que ela espere. Instantes depois, manda que Bibi a siga.

No alto do morro, a morena dá de cara com muitos traficantes. Alguns em grupo, rindo, conversando. O chefe com um cordão de ouro muito grande pendurado no pescoço, pulseiras de ouro, tira selfies. A mulher aponta para ele e diz a Bibi: “Aquele ali é o Sabiá (Jonathan Azevedo)!”.

O traficante vem até Bibi e quer saber qual é a parada. “Vim pedir ajuda pro meu marido! Seu pessoal está ameaçando ele dentro da cadeia, achando que ele fez serviços pra facção inimiga de vocês. Ele não fez nada! Meu marido é maitre de um restaurante, não está envolvido com nada! Faz faculdade, sabe? Agora ele trancou, mas ele faz faculdade! Nós temos um filho pequeno que está desesperado também. Não façam nada com ele, que ele não fez nada com vocês!”, implora a filha de Aurora.

Sabiá quer saber se foi Rubinho quem a mandou lá e se ele está de acordo com o pedido dela. “Ele não quer morrer! Ninguém quer morrer!”, brada ela. O traficante prolonga ainda mais o sofrimento dela, pedindo que volte no dia seguinte. Bibi se assusta. Mas no outro dia, ela volta ao morro. “Eu vim buscar minha resposta!”, diz Bibi. “Teu marido vai ser levado pra área do nosso comando! Já é!”, garante Sabiá. “Vão matar o Rubinho?”, desespera-se. “Matar não! Ele vai estar seguro!”, afirma.

A estudante de Direito fica aliviada, mas ainda tem um pouco de dúvida. “Se sou eu que tô dizendo! Fiz porque gostei de ti... Gosto de mulher de atitude, que não sai largando o homem pra cair na pista, quando ele tá privado!”, elogia o traficante. “Largar meu marido... nunca!”, diz Bibi.