Novelas

‘Bom sucesso’: Thaisa dá aulas de sedução a Evelyn

Ela só ajuda Evelyn porque perde a cabeça com o jeito estabanado dela e é uma fada madrinha quase que por obrigação

Agência O Globo

Em “Bom sucesso”, Thaissa (Yasmin Gomlesvky) não aguenta mais ver os descompassos de Evelyn (Mariana Molina) diante de Felipe (Arthur Sales) na editora Prado Monteiro e decide ajudá-la. A assistente é apaixonada pelo editor, mas não consegue dirigir a palavra a ele sem gaguejar ou chegar perto sem tropeçar. Após descobrir que o rapaz é encantado por mulheres misteriosas e fatais, no estilo da personagem fictícia Irene Adler, das histórias de Sherlock Holmes, Thaissa dá umas aulinhas de sedução para Evelyn. As cenas vão ao ar a partir da próxima quinta-feira (dia 22).

A aventura também vai contar com o reforço de Jefferson (Felipe Haiut), que prepara um tutorial na internet para a conquista. “A Thaissa é sem paciência e tem um humor mais ácido. Ela só ajuda Evelyn porque perde a cabeça com o jeito estabanado dela e é uma fada madrinha quase que por obrigação. Vai render momentos engraçados e vai ser legal acompanhar essa transformação”, adianta Yasmin.

Foto: divulgação / TV Globo
Na primeira lição do tutorial, Evelyn precisa olhar fixamente para seu “alvo” até que ele perceba o interesse. De um jeito nada charmoso, a assistente ensaia a primeira dica com um cobaia: o segurança da editora. A segunda aula é sobre voz. O truque é trabalhar um tom suave e atraente. Dessa vez, ela treina com o nada paciente Diogo (Armando Babaioff), mas o resultado passa longe do esperado.

Depois, é a vez de aprender a andar com elegância e ela tenta imitar a postura de Gisele (Sheron Menezzes) tal qual um mímico de praça. “A Evelyn é tão tímida e retraída que nunca se fez notar. Ela vai se transformando no que o Felipe quer, que é uma personagem idealizada que não existe. O barato é que isso não tem nada a ver com ela e gera situações cômicas. Quando está frente a frente com o Felipe fazendo o que ensaiou com Thaissa e Jefferson, ela não consegue criar nada, se ele falar algo que não estava esperando”, se diverte Mariana Molina.



“Felipe ainda não percebeu o interesse da moça por ele, mas a partir do momento que ela desconstruir a imagem da real Evelyn e virar a própria Irene Adler, musa do Sherlock Holmes, ele vai ficar encantado, babando, fascinado e caidinho por ela. Aquele cara que está focado no trabalho com um alto nível de introspecção vai participar de uma aventura apaixonante bem real”, explica Arthur Sales.