Novelas

Cena de novela causa controvérsia ao falar sobre 'amamentação cruzada'

Ato é considerado prejudicial para a Organização Mundial da Saúde

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na última terça-feira (27), a novela "O Outro Lado do Paraíso" exibiu uma cena que causou controvérsia nas redes sociais. Trata-se do trecho em que o médico Samuel (Eriberto Leão) oferece o leite da sua esposa para uma paciente, que está com dificuldades para amamentar. "A minha mulher, a Suzy, ela tem muito leite. Ela poderia amamentar o neto de vocês se vocês assim quiserem", diz o doutor. O texto pertence ao capítulo 133.

A questão é que, como pouca gente sabe, a chamada amamentação cruzada traz sérios riscos a saúde dos bebês, como doenças altamente infectocontagiosas. Uma das páginas que se posicionou de forma contrária foi a "Mães de Peito", da jornalista Giovanna Balogh. Segundo ela, "a amamentação cruzada - quando uma mulher amamenta o filho de outra mãe -

é contraindicada tanto pelo Ministério da Saúde como pela OMS

(Organização Mundial da Saúde). Isso acontece pois a prática traz

diversos riscos ao bebê podendo transmitir doenças infecto-contagiosas,

como a Aids". Veja a postagem na íntegra:

Além disso, pediatras contaram que o leite materno encontrado em bancos de doação passa por um processo longo e minucioso de pasteurização, justamente para eliminar qualquer bactéria presente.