Novelas

Cringe ou não, você conhece as seguintes frases e objetos por causa de 'O Clone'

Novela será reprisada no 'Vale a Pena Ver de Novo' a partir do dia 4 de Outubro

Maria Beatriz Pacheco*
- Atualizada em

É fato que as novelas costumam a 'ditar modas' entre os telespectadores. Afinal, quem não conhece uma frase ou traje que caiu no gosto do povo após ser utilizado por uma personagem? Com 'O Clone', novela que foi exibida pela primeira vez em 2001, não poderia ter sido diferente.

Muito além de comover os fãs com a história de amor envolvendo Jade (Giovanna Antonelli) e Lucas (Murilo Benício), a obra, escrita por Glória Perez e que se passava no Marrocos, foi responsável por difundir a cultura muçulmana na TV Brasileira e, por consequência, enraizá-la na memória no público.

Relembre abaixo acessórios e expressões que viraram febre após serem exibidas em 'O Clone'.

1. Anel pulseira da Jade
Este listão não poderia começar com outro objeto. O anel que também virava pulseira era um dos preferidos de Jade e virou febre nos anos 2000, sendo bastante procurado nas lojas populares.

Foto: Reprodução / TV Globo


2. "Inshalá, muito ouro" - Khadija
A telenovela também foi responsável por eternizar alguns bordões na memória dos brasileiros. Um deles foi a expressão "Inshalá, muito ouro", que significa "Queira Deus" em árabe. Proferida pela esperta Khadija (Carla Diaz), filha de Jade (Giovanna Antonelli), a frase era sempre dita para atrair bênçãos para a menininha, que sonhava em ter um esposo bem rico.

Foto: Reprodução / TV Globo




3. Delineador marcado
Sempre bem vaidosa, Jade também não media esforços quando o assunto envolvia maquiagem. A protagonista também foi responsável por lançar tendências envolvendo delineadores bem marcados e com traço forte, com direito a lápis na linha d’água.
Foto: Reprodução / TV Globo

4. "Não é brinquedo não" - Por Dona Jura
Não é preciso ser um noveleiro de plantão para reconhecer a expressão: "Não é brinquedo não", popularizada por Dona Jura (Solange Couto). Dona de um dos bares mais populares do Rio de Janeiro, a personagem dava um duro danado para sustentar o filho Xande (Marcello Novaes) e soltava o bordão em diferentes situações: seja para brigar, esconder xingamentos ou até mesmo traçar elogios.

Foto: Reprodução / TV Globo

5. Dança do ventre

A novela também fez aumentar a procura por aulas de dança do ventre em todo o país. O ritmo, que marcava presença nas festas na casa de Jade, envolvia personagens das mais diferentes idades e, fora das telinhas, também não foi diferente.

*Sob supervisão da repórter Mayra Lopes