Novelas

Em 'Nos Tempos do Imperador', Teresa e Luísa fazem aliança: 'Trégua?'

Inicialmente, a imperatriz tomará um susto ao ver que sua rival não embarcou para a Europa

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nos próximos capítulos de “Nos Tempos do Imperador”, Teresa Cristina (Letícia Sabatella) precisará deixar as brigas com Luísa (Mariana Ximenes) de lado, as duas irão fazer uma aliança graças a chegada da Guerra do Paraguai.

A condessa irá sofrer após descobrir que seu filho decidiu fazer uma viagem de volta ao mundo com Eugênio (Thierry Trémouroux) apenas para não vê-la e então, adiará seu retorno para a França.

A imperatriz tomará um susto ao ver que sua rival não embarcou para a Europa. "Dominique deixou a França, foi viajar com o pai dele. Terei que adiar a minha partida”, explicará Luísa. "Só porque seu filho viajou, a senhora não irá mais voltar para a sua casa? E quanto tempo seu filho ficará viajando?”, retrucará a imperatriz.


"Terei que esperar mais um ano para reconquistar o amor dele. Dominique quis viajar sozinho com o pai, se afastar de mim. Ele quer me punir”, lamentará a condessa. "Tenho certeza que vai conseguir. A senhora é hábil em conquistar as pessoas. Sei bem a dor que é a indiferença de um filho que nos troca por outra pessoa”, alfinetará a monarca.

"Majestade, só queria notícias confiáveis sobre o que está acontecendo. Espero que tudo se resolva rapidamente. Nada mais desastroso para um país do que uma guerra”, dirá Luísa ao mudar de assunto.

"A decisão de entrar em guerra foi muito difícil para o imperador. Já que a senhora vai ficar, conto com o seu apoio. Temos que juntar forças e evitar confrontos desnecessários", dirá Teresa. Vossa majestade precisará de um ambiente tranquilo, acolhedor, pacífico”, concordará a condessa.

"Já chega a guerra que se aproxima lá fora. Podemos considerar isso como uma trégua?”, questionará a amante de D. Pedro. "Ele vai precisar muito de nós. A única coisa que importa agora é o futuro do Brasil”, responderá a imperatriz.