Novelas

'Éramos seis': Virgulino entre a corrupção e a ética

Virgulino fica tentado, porque vai receber muito dinheiro

Agência O Globo

A cara de Virgulino (Kiko Mascarenhas) já diz tudo: ele está em uma sinuca de bico, em “Éramos seis”. Um dos seus superiores lhe propõe participação em um esquema de propina, em que ele tem apenas que assinar uns papéis, comprando fios mais baratos pelo preço dos mais caros para a empresa de telefonia onde trabalha.

Foto: Divulgação/ Rede Globo

Virgulino fica tentado, porque vai receber muito dinheiro, mas não aceita. A questão divide sua família: Genu (Kelzy Ecard) quer que o marido fique com a grana, já que “todo mundo faz”. Os filhos dizem que não, defendem que o pai é ético e mais importante que dinheiro é saber que está fazendo a coisa certa.