Novelas

Escalado para a novela 'Bom Sucesso', Diego Montez fala do pai, Wagner Montes

Na próxima trama das 19h, Diego, que já esteve em "Rebelde", na Record, e "Cúmplices de um Resgate" e "Z4", no SBT, interpretará um diretor de marketing de uma empresa

Patrícia Kogut, de Agência O Globo

Menos de uma semana depois de estrear o espetáculo "Meu destino é ser star", em janeiro, no Rio, Diego Montez recebeu a notícia da morte do pai, o apresentador Wagner Montes. Passados pouco mais de dois meses desde então, o ator busca atravessar o momento delicado mergulhando no trabalho. Além do espetáculo, ele fará "Bom sucesso", que marcará sua estreia na Globo.

Foto: Gabriel Henrique | Divulgação

- Com certeza o trabalho me ajudou. Sempre foi uma grande vontade do meu pai que eu tivesse minha autonomia profissional. Eu busquei bastante isso. O musical apareceu num momento importante, numa fase muito complicada. O elenco é pequeno, repleto de amigos que me fazem bem. Fui muito bem amparado - conta ele, acrescentando que a mãe, Sonia Lima, está orgulhosa de suas conquistas. - Ela fica superemocionada. Está feliz, torcendo bastante.

Na próxima trama das 19h, Diego, que já esteve em "Rebelde", na Record, e "Cúmplices de um resgate" e "Z4", no SBT, interpretará um diretor de marketing de uma empresa. Seu personagem fará parte do núcleo cômico e ele contracenará com Rafael Infante. Formado há cinco anos em Comunicação Social, o ator, de 26, também tem um canal no YouTube e chegou a trabalhar com marketing na produtora Aventura Entretenimento, responsável por "Meu destino é ser star":

- A gerente de marketing da empresa viu meu canal, gostou e me chamou para trabalhar lá. Cuidei das mídias sociais. Já serviu como um laboratório para a novela.

Diego seguirá nos palcos este mês, durante a temporada em São Paulo. Depois, a peça sairá em turnê, mas ele ainda não sabe se conseguirá conciliar com as gravações da trama. Para o musical, o ator passou por uma preparação intensa:

- Digo que é preciso ser atleta para fazer musical. O corpo tem que estar tinindo e é necessário cuidar da saúde mental também. Os ensaios durante nove horas e acontecem seis vezes por semana. Nesta peça, especificamente, há muitos números de dança.

Nem sempre, porém, Diego esteve em boa forma. Na adolescência, chegou a pesar 112kg:

- Eu nunca fui magro. Até que, dos 13 aos 15, comecei a perder peso. Fiz um tratamento ortomolecular que me levou a eliminar 26kg em seis meses. A gente só muda quando algo acontece internamente. Quando eu quis, corri atrás.

O ator diz que, atualmente, se mantém atento às mudanças no corpo:

- Desde então, não tive mais problemas com isso. Inclusive tenho facilidade para mudar de peso. Quando vivi uma drag queen em estado terminal, estava com 72kg e cheguei aos 64kg. Hoje em dia, eu tomo cuidado, não sou descontrolado. Existe uma preocupação latente com o metabolismo.