Novelas

Fabiula Nascimento vê na adversidade a força de Cacau em ‘Segundo sol’

Ao lado de Fabricio Boliveira, a atriz protagonizou cenas pra lá de quentes no início da trama. Fabiula ri e brinca dizendo que sabia que seria uma dupla explosiva

Agência O Globo
Uma mulher livre. É assim que Fabiula Nascimento define Cacau, sua personagem em “Segundo sol”.
Foto: Divulgação
— É uma pessoa que foi em busca de seus sonhos. E, mesmo quando a vida lhe deu uma sacudida, com a obrigação de cuidar dos sobrinhos, ela ficou ainda mais forte. É um exemplo de muitas guerreiras por esse mundão afora — afirma Fabiula, de 39 anos, que até no cabelo traz a marca do empoderamento de sua personagem: — Voltei ao meu normal (risos). Só em “Força-tarefa” (série) estava com ele natural. Depois foi um tal de colocar megahair, alisar, pintar... Fiquei de férias por um ano e meio e fui cuidar de mim. Pude cortá-lo joãozinho, deixá-lo crescer. E calhou de eu cair numa novela em que o cabelo veio ao encontro da personagem.
Ao lado de Fabricio Boliveira, a atriz protagonizou cenas pra lá de quentes no início da trama. Fabiula ri e brinca dizendo que sabia que seria uma dupla explosiva.
— A gente pediu para trabalhar junto. Fabricio é um ator incrível, e dividir cena com ele está sendo melhor do que imaginávamos — elogia a artista, cuja personagem fica balançada após o reencontro com o ex-motorista: — Natural, porque a relação terminou mal.
Diferentemente de Cacau, a atriz tem um casamento bem resolvido com Emilio Dantas, o Beto Falcão, e ainda contracena com ele:
— O tempo inteiro trocamos figurinha! Emilio é um parceiro de vida e de arte.