Novelas

Gustavo será humilhado e perderá cargo de juiz

Marido de Nádia vai ser desmascarado

Patrícia Kogut, da Agência O Globo

Gustavo (Luis Melo) será humilhado e perderá o cargo de juiz nos próximos capítulos de "O outro lado do paraíso". O marido de Nádia (Eliane Giardini) será julgado depois que Clara revelar à polícia que ele é sócio do bordel.

Durante a audiência, um procurador pedirá que Gustavo seja punido: - Excelência, senhores desembargadores, estamos diante de um caso execrável, em que um membro do corpo judiciário deste país rompeu com as regras e condutas, submetendo sua posição em virtude de uma sociedade comercial. Um bordel, senhores, um bordel. Por essa razão, no contexto dos autos, peço a condenação do Magistrado, doutor Gustavo Campos Nogueira.


Depois disso, testemunhas serão ouvidas. Caetana (Laura Cardoso) dará seu depoimento: - Era sócio, sim. Ficava com a metade do que o bordel faturava. Dizia que em troca dava proteção. A polícia nunca baixou lá porque ele não deixava.

Os desembargadores votarão pela condenação de Gustavo, que ficará indignado: - É um absurdo. Golpeado por meus próprios pares.

Por fim, o presidente da sessão dará o parecer: - Fica reconhecida a prática da infração ética atribuída ao Magistrado. Determino sumariamente a perda do cargo, assim como a dos vencimentos atuais. O juiz terá a aposentadoria compulsória e seu salário diminuído.

Numa próxima sequência, Gustavo aparecerá decepcionado conversando com Bruno (Caio Paduan): - Nunca imaginei que isto iria acontecer. Aposentado antes da hora, com um salário tão menor. É difícil. Eu estava acostumado com a vida boa.

- Vida boa, pai. Eu te amo. Mas sei que tipo de vida boa você e a mãe tinham. Você recebia caixinha pra dar sentenças. Principalmente pra Sophia (Marieta Severo). Eu não sou cego. Eu sofria muito com isso. Como filho, não tive coragem de te denunciar. Fui fraco. E você foi corrupto, pai. Mereceu a sentença - responderá o jovem.