Novelas

Isis Valverde comemora sucesso de personagem em 'A Força do Querer'

Além de balançar o mundo de Zeca e Ruy, Ritinha deve dar uma chacoalhada em Irene junto com Joyce

Agência O Globo

Isis Valverde se diverte com as brincadeiras que anda ouvindo sobre Ritinha ser uma vilã em “A força do querer”. Afinal, ela aprontou com Zeca (Marco Pigossi) e vem fazendo o mesmo com Ruy (Fiuk). Tem até gente no elenco que acha que a paraense joga no time dos malvados.

(Reprodução: TV Globo)

"Outro dia, lá na sala de maquiagem, quando passei atrás do Emilio (Dantas), ele disparou: “Ah, não sou vilão, não. Ela que é (risos)”. Ritinha não tem esse rótulo da mocinha ou vilã. Ela é essa incógnita, esse mistério que as sereias têm", analisa Isis.

E a bela é tão fascinante que ainda faz com que os rapazes se estranhem por causa dela. Quando Ruy descobrir que a mulher está trabalhando no aquário, os dois terão uma séria discussão e Ritinha, com o filho nos braços, vai para a casa da mãe. Quando vai atrás da mulher, ele fica enfurecido ao ver Ruyzinho nos braços de Zeca, que ainda fica mexido com a ex-noiva. Apesar das atitudes, Isis afirma que a sereia não tem intenção de ficar com os dois.

(Reprodução: TV Globo)
"Na verdade, Ritinha não fala que quer ficar com eles. Mas apenas que gosta de Zeca e Ruy. Quem quer ficar com ela são os dois (risos). Ela fica ali quieta, igual a uma isca. Sereia é isso: senta na pedra, canta, e quem se mata são os caras, que se jogam na água para ir atrás dela e acabam morrendo afogados. O interessante é que você não culpa Ritinha, mas o outro: 'Olha lá, o burrão, olhando para ela com cara de bobo. O cara já vai se ferrar de novo'", constata a atriz.

E o encanto da personagem não atinge apenas seus dois maridos. Isis se derrete com o carinho que vem recebendo de uma parcela do público. "Gosto muito é das reações das crianças e senhorinhas. Os pequenos não falam nada, apenas correm, me agarram e não soltam. Amo isso. Criança tem atração por luz e queria construir um personagem luminoso, um sol. E Ritinha tem essa leveza, esse brilho, que a criançada percebe. Já as senhoras me param na rua para falar: “Minha Ritinha! Você é danada, hein?” . O curioso é que elas, de uma geração de casamentos duradouros, não chamam a atenção pelas atitudes de Ritinha, que fez aquilo tudo com o Zeca e faz Ruy cortar o maior dobrado", diz.

Apesar de ser uma criatura solar, Isis sabe que Ritinha é da pá virada. Por isso, garante não compactuar “com muita coisa que ela faz”. "A personagem é a força da natureza, foi construída em cima dessa natureza animal, porque ela é uma sereia, não é humana. E fui “obrigada” a acreditar no que ela acredita, senão não me entregaria ao trabalho. Portanto, em cima do ser sereia é normal que ela seja egocêntrica, não pense na reação dos outros... Ritinha não se trai, não trai o querer dela ", filosofa a atriz.