Novelas

'Laços de Família': Camila raspa a cabeça nesta segunda-feira (08)

Cena protagonizada por Carolina Dieckmann é uma das mais emblemáticas da novela escrita por Manoel Carlos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Exibida no 'Vale a Pena Ver de Novo', 'Laços de Família' entrou em sua fase mais importante, quando Camila (Carolina Dieckmann) é diagnosticada com leucemia e Helena (Vera Fischer) vai mostrar que fará qualquer sacrifício para salvar a vida da filha. 

Está prevista para ir ao ar nesta segunda-feira (08), a cena em que a jovem tem o cabelo raspado (vídeo abaixo) ao som da canção “Love By Grace”, de Lara Fabian, um dos momentos mais emblemáticos da televisão brasileira. Na época da exibição original, o drama de Camila serviu para promover uma campanha pela doação de medula óssea, o que gerou um aumento significativo no número de doadores em todo Brasil durante e após o término da novela.

Escrita por Manoel Carlos especialmente para Carolina Dieckmann, Camila mudou para sempre a vida de sua intérprete. Até hoje o impacto dessa e de outras cenas mexem com as emoções da atriz, que tinha apenas 21 anos quando gravou a novela. Na entrevista abaixo, Carolina relembra o momento mais forte que viveu na trama, além de toda a fase em que a personagem enfrentou a doença.

Entrevista com Carolina Dieckmann

A cena em que a Camila tem o cabelo raspado é umas das mais emblemáticas da telinhas. Para você ainda é impactante relembrar esse momento?

Essa cena sempre vai ter um impacto grande para mim, pois envolve muitos outros sentimentos. Meus medos e inseguranças, orgulho de ter enfrentado tantas emoções fortes sendo tão nova...tenho muita memória emotiva em mim. Esse momento ficou gravado na minha trajetória como um rito de passagem, uma iniciação. E fico mais realizada ainda que a cena não tenha sido forte só para mim. Às vezes a gente faz cenas que são muito impactantes para quem está fazendo e para quem está no set, mas, quando ela passa na televisão, não tem essa mesma força. E eu fico muito feliz que essa cena, com essa importância para minha vida e carreira, tenha sido também tão marcante para várias pessoas.

Hoje em dia você tem vontade de fazer outro personagem que exija tamanha entrega? Rasparia a cabeça novamente, por exemplo?

Faria tudo de novo e um pouco mais. Sempre acho que posso fazer mais, meu corpo está muito ligado ao meu trabalho. Nunca usei vaidade para dosar o que iria fazer ou não. Para mim, o começo do barato é se entregar de corpo, é um momento que eu curto, pensar que cara que vou ter na personagem. E adorei ficar careca na época da novela. Até esse momento eu não me achava bonita. Eu era pouco vaidosa, nem espelho grande em casa eu tinha. Eu lembro que o primeiro espelho que eu tive na minha vida, que comprei para me ver inteira, conferir a roupa, foi na época de 'Mulheres Apaixonadas', depois da Camila. Eu não tinha uma percepção estética sobre mim e, quando fiquei careca, percebi que meu rosto ficou muito forte, comecei a me achar interessante. Foi careca que eu comecei a me curtir. É estranho, mas é verdade. Veja ao vídeo abaixo: