Novelas

Nos Tempos do Imperador: Vítima de fake news, Pilar atende pacientes de graça

Graças ao jornal de Tonico, Pilar é vítima de notícias falsas que trazem consequências sérias para seu trabalho

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Em Nos Tempos do Imperador, a primeira médica do Brasil, Pilar (Gabriela Medvedovski), atenderá pacientes de graça, após cair em fake news publicada pelo jornal de Tonico (Alexandre Nero). As cenas serão exibidas na próxima segunda-feira (20).Vale lembrar que o folhetim terá uma passagem no tempo de oito anos.

Formada em Medicina nos Estados Unidos, a filha de Eudoro (José Dumont) voltará do exterior depois de concluir a graduação e logo enfrentará dois obstáculos: o machismo da época e a euforia de Tonico. O deputado da Bahia fica inconformado por ter sido abandonado no altar pela ex-noiva e usará o seu jornal, O Berro, como arma contra a mocinha.

O malvado publicará uma matéria com informações falsas sobre a irmã de Dolores (Júlia Freitas/Daphne Bozaski). Alegará que recém-formada tinha um caso com um homem casado quando morava na Bahia: "É de se lamentar o fato de o imperador ter-se deixado enganar pela moçoila e promover seus estudos no exterior". As mentiras não pararão por aí, ele também julgará a vida profissional da jovem.

"Cabe agora à população dizer se quer se consultar com a 'primeira médica do Brasil'. Pois quem garante que ela usou todo o seu tempo nos Estados Unidos estudando e honrando o investimento do imperador? Quem pode garantir que o seu diploma é verdadeiro?", escreverá o antagonista.

A reportagem rodará a sociedade e trará consequências para a doutora, que terá o seu consultório vazio. Mesmo abalada, ela tomará uma atitude: "Esperar que as coisas se resolvam sozinhas não é do meu feitio. Eu mesma vou resolver esse problema e vai ser agora".

"Se os pacientes não vem a mim, vou a eles. Não posso é ganhar um salário sem trabalhar. Porque, aí sim, seria uma pessoa desprezível, indigna, como saiu no jornal", continuará em bate-papo com a madre superiora.

Em seguida, a médica oferecerá os seus atendimentos de forma gratuita para quem passa pela rua. "Ninguém pode me impedir de trabalhar", disparará a jovem.