Novelas

Ô Coitado! Após 27 anos de carreira, Gorete Milagres estreia na Globo

Atriz, conhecida pelo personagem Filomena, vai entrar na novela teen nos próximos capítulos

Patrícia Kogut, da Agência O Globo
- Atualizada em

Conhecida pela personagem Filomena, do famoso bordão "Ô, coitado!", Gorete Milagres fará sua estreia na Globo depois de 27 anos de carreira. A atriz aparecerá em "Malhação: Vidas Brasileiras" no papel de Bete, mãe de Michael (Pedro Vinícius, na foto abaixo). Nos próximos capítulos, ela dará apoio ao rapaz depois que ele sofrer preconceito por ser homossexual:

- A personagem é incrível: uma mãe solar, que aceita o filho do jeito como ele nasceu e dá amparo num momento difícil. Pensei nas mães de homossexuais que sofrem com o preconceito que os filhos enfrentam. Acho muito importante tratarmos da questão neste horário. O público de 'Malhação' é grande e diversificado.

Foto: João Miguel/TV Globo

Na vida real, a atriz passou por uma situação parecida quando uma de suas irmãs se assumiu lésbica durante a adolescência: - Minha irmã foi chamada de sapatão e minha mãe proibiu todos os irmãos de falarem essa palavra. Depois, se minha irmã fosse com alguma namorada para casa, minha mãe seria capaz de ceder a cama para ela. Ela aceitou tudo de uma forma linda. No nosso tempo, nada disso era debatido nas novelas. Hoje, quando minha irmã assistiu à trama da transição de gênero em 'A força do querer', achou o maior barato. Ela lamentou não ter visto isso quando era jovem.

Com a participação em "Malhação", Gorete teve a oportunidade de contracenar com sua filha, Alice Milagres, uma das protagonistas da história: - Foi uma cena rápida no último dia de gravação, mas estar ali com ela me emocionou. Foi bonito ver a Alice trabalhando com seriedade na profissão que ela escolheu. Minha filha é tudo para mim. Temos uma relação muito próxima. Estou orgulhosa.

Por causa da novela, Alice mora no Rio. Gorete, que vive em São Paulo, sofre com a saudade: - Tenho outra filha, de 17 anos, que construiu toda a vida em São Paulo. Eu gosto daqui também, mas morro de saudades da Alice. Ela está gravando muito e só conseguiu me visitar em março. Com isso, eu acabo indo ao Rio. Faz parte, a gente cria os filhos para o mundo.

A atriz, que ainda se apresenta como Filomena em eventos pelo Brasil, tem vontade de voltar à TV aberta: - Como atriz, poderia fazer qualquer tipo de personagem. Mas meu sonho é levar a Filó de volta para a TV aberta. Iria dar pulos de alegria. Enquanto isso não acontece, vou mantendo o conteúdo dela no meu canal no YouTube, que não tem muitos inscritos, mas um número de visualizações alto. É um público majoritariamente infantil, são filhos e netos dos fãs que me viam na televisão.