Novelas

'O outro lado do paraíso': Bruno corre o risco de ser afastado da polícia

"O senhor confessa, delegado, que perseguiu uma mulher sem provas", afirmou o delegado

Patrícia Kogut, da Agência O Globo

Bruno (Caio Paduan) correrá o risco de ser afastado da polícia nos próximos capítulos de "O outro lado do paraíso". Tudo acontecerá quando o delegado for chamado para depor no julgamento de Sophia (Marieta Severo), que voltará ao tribunal após se recuperar de um AVC. O filho de Nádia (Eliane Giardini) explicará que estava atrás da megera há tempos:

- Mas não tinha provas. Clara (Bianca Bin), Gael (Sergio Guizé) e Patrick (Thiago Fragoso) montaram a armadilha. Dona Caetana (Laura Cardoso) foi lá, fez a chantagem e não deu outra. A Sophia chegou no horário combinado e atacou a Dona Caetana com a tesoura.

Foto: Reprodução / TV Globo

- Era noite. Como tem certeza que era uma tesoura? - questionará Maurício (Paulo Betti), o advogado da megera.

- Devia ser. Todas as vítimas são mortas a tesouradas - responderá o rapaz.

Maurício, então, concluirá que o policial não tem certeza de que viu o objeto.

- A dona Caetana começou a gritar, eu me distraí por um instante. A Sophia fugiu - admitirá Bruno.

- O senhor confessa, delegado, que perseguiu uma mulher sem provas. Aceitou armar um flagrante. Eu peço que ao final desse processo seja afastado do cargo e investigado pela corregedoria da polícia - pedirá o advogado.