Novelas

'O outro lado do paraíso': Gustavo se humilhará para Clara

Ele oferecerá ajuda no processo da guarda de Toma

Patrícia Kogut, da Agência O Globo


Onde Está Meu Trio?


Gustavo (Luis Melo) se humilhará para Clara (Bianca Bin) nos próximos capítulos de "O outro lado do paraíso". O juiz vai implorar para não ser denunciado depois que a mocinha descobrir que ele é o sócio misterioso do bordel.

- Eu tenho bons motivos para fazer essa denúncia - dirá a milionária.

- Não me denuncie. Eu imploro - pedirá ele, ajoelhado. - Um juiz não pode ter um negócio paralelo. Muito menos um bordel. Eu sei que o bordel não está no meu nome, mas há testemunhas.


- Testemunhas não faltam - completará a jovem.

- O sistema judiciário dá muita importância a questões como honra, respeito. Um juiz não pode ter o nome sujo. Pelo contrário, a dignidade de um juiz deve estar acima da dignidade de qualquer outro cidadão. Se me denunciar, serei afastado do cargo. Depois, julgado por um tribunal de desembargadores e aposentado compulsoriamente. Perderei tudo que tenho hoje, meu padrão de vida será outro.

Ele oferecerá ajuda no processo da guarda de Tomaz (Vitor Figueiredo) para tentar convencê-la. Clara, porém, recusará: - Eu vou conquistar a guarda do Tomaz por meios legais, porque eu sou mãe e tenho direito. E não fazendo um acordo com um juiz corrupto. Sabe por que, doutor Gustavo? Eu não sou corrupta. Se aceitar o que me propõe, estarei sendo tão corrupta quanto o senhor.