Novelas

‘O outro lado do paraíso’: Raquel pode ficar paraplégica

"Não estou sentindo minhas pernas", afirmará a juíza

Agência O Globo
- Atualizada em


Onde Está Meu Trio?


Raquel (Erika Januza), em “O outro lado do paraíso”, demora a acordar após ser atropelada a mando de Sophia (Marieta Severo), que age de forma criminosa para impedir que a juíza fosse a responsável por definir a guarda de Tomaz (Vitor Figueiredo). Assim que desperta, ela encontra Bruno (Caio Paduan) ao seu lado e confidencia ao amado que perdeu a sensibilidade nas pernas. Antes disso, o delegado conta à magistrada por quê ela está numa cama de hospital.

Raquel Cunha/Rede Globo/Divulgação

“Amor, que bom que acordou. Como tá se sentindo?”, pergunta Bruno no momento em que Raquel abre os olhos. “Presa”, diz a juíza. “O médico explicou. Cê vai usar um colete especial por causa da fratura. Assim não corre o risco de mexer a coluna”, explica o delegado. “Fratura? Bruno, eu não lembro quase nada. Só do carro vindo na minha direção... do susto... da dor”, recorda ela. “Cê foi atropelada. Logo que se despediu de mim. Mas já tá operada. Só tem que esperar a recuperação”, observa o filho de Nádia (Eliane Giardini).

Nesse momento, Raquel lembra que precisava ir à audiência de Clara (Bianca Bin). “Agora tem que se preocupar com você”, pede Bruno. Em seguida, a juíza constata a grave sequela que o acidente lhe deixou: “Não estou sentindo minhas pernas”.