Novelas

'Outro Lado do Paraíso': Nádia terá uma neto negro

Racista, ela ficará chocada ao ver o bebê de Karina nascer

Agência O Globo
- Atualizada em

  Nádia (Eliane Giardini), quem diria, vai ganhar um neto negro nos próximos capítulos de "O outro lado do paraíso". Racista, ela ficará chocada ao ver o bebê de Karina (Malu Rodrigues) nascer.

Foto: Divulgação
Antes de a mulher de Diego (Arthur Aguiar) dar à luz, Bruno (Caio Paduan) tentará reconquistar Raquel (Erika Januza), já que, a esta altura, terá descoberto a farsa de Tônia (Patrícia Elizardo). Os dois discutirão e a juíza atacará a ex-sogra:

- Ela finge que está tudo bem, que pode ser minha amiga, mas depois dá um jeito de me desprezar, de nos enganar. A última foi a gravidez da Tônia. Sua própria mãe disse que o filho era seu.
- Eu desconfiava que não. As datas...

- Sua mãe também sabia das datas, mas preferiu mil vezes acreditar que a barriga da Tônia estava pequena do que correr o risco de ter um neto negro. Um filho nosso, Bruno. Um dia teríamos um filho, não é? Desprezado pela avó. Rebaixado por ela;

A briga continuará e Raquel não aceitará reatar o relacionamento. O delegado, então, decidirá conversar com a mãe.

- Você vai falar com a Raquel, prometer que não vai mais interferir na nossa relação. Eu vou junto. E você pede perdão pra ela por tudo o que aprontou - pedirá ele.

- Nunca. Quer que eu soletre? Nunca.

- Mãe, não pensa em mim?

- Eu não quero netos café com leite.

- Isso é racismo.

- Me prenda, se quiser. Não quero netos torradinhos. Minha família é branca e vai continuar branca - encerrará a perua.

Dias depois, a bolsa de Karina vai estourar e toda a família seguirá para o hospital. Lá, a moça será levada para a sala de parto. Nádia dará as coordenadas para uma enfermeira na hora de preencher a ficha de internação:
- Ponha aí: quero o melhor quarto. O mais luxuoso para meu neto tão esperado e minha nora, que me faz tão, tão feliz.

 Fazendo força para parir, Karina vai dar à luz a um bebê negro. Chocada, Nádia ficará boquiaberta ao ver que o bebê é negro.