Novelas

Paolla Oliveira e Nathalia Dill são vítimas de guerra familiar em 'A Dona do Pedaço'

Elas ficam órfãs e são separadas uma da outra pela vingativa família Matheus

Agência O Globo

Tiro, porrada e bomba mesclados com uma dose generosa de amor. Esses são os temperos de “A Dona do Pedaço”, que lida com famílias rivais e um romance à la Romeu e Julieta, ambientado em Rio Vermelho, cidade fictícia no Espírito Santo.

Foto: Divulgação
Maria da Paz e Amadeu, herdeiros do ódio entre os Ramirez e os Matheus, respectivamente, são os apaixonados que querem selar a paz subindo ao altar. Só que o rapaz leva um tiro no casamento, e seus parentes querem acabar com a noiva. Maria foge para São Paulo, onde recebe a falsa notícia de que seu amor morreu, e Amadeu também acredita que a paixão de sua vida foi assassinada no meio da briga.

As sobrinhas da protagonista acabam pagando o pato. Virgínia (Duda Batista/Paolla Oliveira) e Fabiana (Maria Clara Baldon/Nathalia Dill) ficam órfãs e são separadas uma da outra pela vingativa família Matheus.

— Elas são bem pequenas e se desesperam com a perda da mãe (Zenaide, vivida por Maeve Jinkings). O que as une é um amuleto que a bisavó deu a elas — explica Nathalia.

Fabiana é pega por Vicente Matheus (Álamo Facó), mas é deixada num convento, porque o rapaz não tem coragem de matá-la. Já Virgínia foge com a mãe, mas a vê sendo morta pelo inimigo, enquanto corre para se salvar.

— Virgínia é encontrada na rua por Beatriz (Natália do Vale) e Otávio (José de Abreu), que a adotam — diz Paolla.

Anos se passam, e Virgínia, mais conhecida como Vivi Guedes, vira uma influenciadora digital de sucesso. Prestes a se tornar freira, Fabiana a reconhece pela TV, quando a famosa mostra seu amuleto numa entrevista.

— Mas Fabiana não é uma pessoa do bem. Ela vai tirar vantagem desse parentesco, também por não querer seguir a vida religiosa. Virgínia que se cuide — brinca Nathalia.