Novelas

Salve-se Quem Puder: saiba o verdadeiro motivo de Helena ter abandonado Luna

A verdade vai aparecer durante uma conversa da empresária com o atual marido

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

A tentativa de Luna/Fiona (Juliana Paiva) entender a razão de ter sido abandonada pela mãe permeia vários capítulos de "Salve-se Quem Puder", direta ou indiretamente falando. O público, que se acostumou a ver Helena (Flávia Alessandra) como alguém sem coração, irá se surpreender com a verdade da história. 

Para Helena, que saiu de Cáncun para ir trabalhar nos Estados Unidos e conquistar uma vida melhor, a filha e o marido, Helena (Flávia Alessandra), estão mortos. 

A verdade vai aparecer durante uma conversa da empresária com o atual marido, Hugo (Leopoldo Pacheco). "Eu só quero esquecer o que eu fiz no México! Que por minha causa... O Mário e a minha filhinha de quatro anos foram assassinados. Como eu sinto falta da minha Luna", dirá Helena. 

Hugo pedirá que ela esqueça a situação. "Eu posso não falar, mas não teve um dia nesses 20 anos, um dia, que eu não me lembrasse do que aconteceu com os dois. Se eu não tivesse feito o que eu fiz, hoje eles estariam vivos!", continuará Helena. 

Passará um flashback em que Helena aparece se despedindo da família. "Eu prometi para minha menina que eu ia voltar. E uma semana depois ela e o Mário, os dois...", lamentará o empresária. 

"Eu sei. Aquelas pessoas com quem você se envolveu entraram atirando e mataram os dois. Eu sei que é difícil, meu amor. Que não tem nada que eu possa dizer que vá aliviar a sua culpa. Mas o que eu posso fazer é o que eu sempre fiz. Te dar muito amor e proteção", dirá Hugo, para consolar a companheira. 

Essa história do assassinato da família dela foi contada por Hugo quando Helena foi presa tentando deixar o México. O ricaço sempre foi visto pela mãe de Luna como seu protetor, um homem super generoso, pois ele a ajudou a sair da cadeia e deu notícias, mesmo que ruins, da sua família quando ela não tinha como ter contato com ninguém.