Novelas

Salve-se Quem Puder: Zezinho e Ermelinda são demitidos da polícia e fazem escolha difícil

"Nunca vi tanta irregularidade no trabalho de dois protetores de testemunhas", dirá Nanico.

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Zezinho (João Baldasserini) e Ermelinda (Grace Gianoukas) serão demitidos do cargo de protetores de testemunhas da Polícia Federal em "Salve-se Quem Puder". Tudo isso porque eles ajudaram Luna/Fiona (Juliana Paiva), Kyra/Cleyde (Vitória Strada) e Alexia/Josimara (Deborah Secco) a invadir a casa de Dominique (Guilhermina Guinle). 

Além de informar a demissão dos protetores, o agente da polícia, Nanico (Babu Santana), dirá que as testemunhas serão separadas e cada uma deve ir para um estado diferente do país. 

As novidades não serão bem recebidas pelo grupo. Na ocasião, as mocinhas deixarão claro que preferem sair do programa de proteção do que serem separadas.

Foto: reprodução / TV Globo

Luna até pedirá para que o agente reveja a demissão de Zezinho e Ermelinda, mas não vai ter jeito. "Eu sinto muito, mas nunca vi tanta irregularidade no trabalho de dois protetores de testemunhas", respondera Nanico. 

Após a saída do policial, o grupo vai conversar sobre a situação e Zezinho dirá que eles tomarão uma decisão difícil. 

"A gente tomou uma decisão. Eu e a mãe vamo ficar com vocês mesmo sem apoio da Federal. Vamo ser seus protetor até o fim", anunciará o brucutu. "Jura? Quer dizer, eu sei que hoje eu não sou benquista nessa casa. Mas eu agradeço o seu gesto", afirmará Alexia.

"Tamo fazendo mais pela Luna e a Kyra, que já consideramo da família", esclarecerá Ermelinda. "Obrigada, Zezinho e dona Ermê, de coração", se alegrará Luna. "A mãe se apegou demais a ocê, Luna, e a ocê também, Kyra. Ela num ia conseguir dormir tranquila lá no sítio com ocês sozinha em São Paulo", argumentará o caipira.